Copa 2014

Copa 2014

Eu quero um mundo melhor

Olhar o mundo com olhos comuns é para os fracos Eu quero um mundo olhado pela humanização,olhado por olhos dignos da espiritualidade divina.

Sertãozinho-Paraíba

Um lugar especial onde fiz amigos inesquecíveis

Se você está ferido(a)

Não significa que a luta acabou.O importante é que você está vivo. Fique de pé e lute. Vencer os maus é uma questão de honra

Amar alguém é...

Achar que parte da sua vida tem mais sentido quando você está ao lado desse alguém

Não se humilhe aos homens

Você ainda tem um Deus que pode todas as coisas Um Deus que pode levantar você. Ore!

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

TARCISIO FALA PARA AMIGOS E ADVERSÁRIOS NO CANCÃO

A praça é do homem público que não escolhe outro caminho, a não ser o do espaço democrático para se expor e ser julgado pela sociedade. A praça é do cidadão que se renova a cada passo de liberdade, para ir e vir, para ouvir e falar, para viver o pleno gozo da dignidade, como juiz de si mesmo. Consciente disso, Tarcisio Marcelo,  desprovido de mandato, desprovido de companheiros políticos, desprovido do glamour bipartite de um mundo empresarial que o cercava, subiu em um simples caminhão,  na Rua Clóvis Bezerra, e anunciou não só o seu apoio a Camila Toscano, mas o seu real motivo de não estar apoiando o próprio irmão, o deputado Ricardo Marcelo: o chute que recebeu depois das eleições 2012.



Como disse minha amiga flor, a amada Renata Chris, não existe cachorro morto em política, daí o motivo pelo qual na Rua do Cancão havia amigos e adversários de Tarcísio Marcelo, e o mais tocante nisto tudo é que uma áurea de respeito recíproco pairava calmamente no céu do Cancão.
 Adversários de equilíbrio e elegância,  como o nobre vereador Dé do PT e pessoas da alta confiança do atual prefeito Edgard Gama ouviam atentamente o que dizia o  homem da Talismã. Pessoas como Zé Carlos, Ricardo Teotônio, Fabinho do PT, entre  outras  ouviam o homem que lapidou anos da sua vida se dedicando à política. Não tinham cara de rancor, de despeito. Não exalavam o cheiro dos bodes expiatórios. Se não vacila este meu olho de mulher, o que vi neles foi  o mesmo espírito de respeito, a mansa empatia que fazia com que cada um se colocasse no lugar do homem que discursava. Eles exalavam o sentimento de solidariedade. Teriam os corações dessas pessoas alguma dúvida quando ouviam  o mais eloquente orador de Belém falar sobre o quanto a INGRATIDÃO o machucou? O que foram ver ou ouvir? A demolição de um homem público? Creiam que não, meus amores e minhas amoras, eles foram ouvir ao desabafo dele como  demolidor do escárnio pelo qual tem passado dentro de casa!

Tarcisio Marcelo. Um homem cheio de erros, consagrado por acertos insubstituíveis, mais quebrado que arroz de terceira quando abre os seus sentimentos. Um leão forte que é  rejuvenescido pela coragem e a ousadia de dizer a Belém , na frente de qualquer um:  EU SOU TARCÍSIO, O AMIGO  DO POVO.
Tarcísio Marcelo, se não digno dos aplausos dos adversários,mas digno do silêncio deles, digno de não ouvir as suas vaias.Digno das suas reflexões.
A cena que poderia parecer uma sentença de ruína política passou a traduzir  a evidência de que, faça chuva ou faça sol, Tarcísio consegue fazer com que as pessoas queiram ouvir o que ele quer dizer. Esta realidade me lembra duas coisas. A primeira coisa é a frase mais democrática que Voltaire teve a felicidade de  citar e deixar para o mundo: "Posso não concordar com nenhuma das palavras que dizes, mas lutarei até a morte para defender o teu direito de dizê-las". A segunda coisa é que quem foi rei não aceita perder a majestade para os gentios, muito menos para os que considera "bárbaros".
Mesmo com a barriga estufada, ficando cada vez mais baixinho e olheiras acentuadas, no Cancão estava o mesmoTarcísio.  Em cima do caminhão, abandonado pelos vereadores que, segundo o próprio TM, não resistiram ao "bichinho tentador", ou seja,  negociaram apoio ao deputado Ricardo Marcelo depois que a bufunfa cantou mais alto Naquele caminhão estava o ex-prefeito de Belém, o ex-deputado da Paraíba. O homem que foi abandonado pelos políticos mais antigos do seu grupo, políticos que antes usavam o seu poder de transição de votos com o maior orgulho de espertinhos. Ali estava ele,  abandonado pela família, ali estava ninguém mais ninguém menos que TARCÍSIO, O FILHO DE JOÃO PEDRO. O mesmo filho de João Pedro que reune pessoas anualmente para a caminhada de uma promessa pela vida do seu pai. Ali estava ele, acompanhado por Zenóbio, acompanhado por Léa, acompanhado por Camila..."Estrangeiros" que agradeciam, "forasteiros" que a todo momento se diziam lisonjeados por seu apoio. Pessoas que acreditam no potencial da sua intimidade com o povo de Belém.
O Cancão não piou. O Cancão fez silêncio. O Cancão parece ter entrando em  um mega processo de REPENSAR entre os valores humanos e os valores monetários. O que não me admira que  depois da passagem de Tarcisio por lá algumas casas do Cancão amanheceram  sem os adesivos do grande Apartheid. 
 Boa Sorte Tarcísio. Você não vale nada para uns, não vale muito para outros, mas para muita gente  você vale mais que dinheiro, mais que promessas, mais que mandatos e pompas passageiras. Boa Sorte, amigo. Estou ali, votando em Gervásio, acompanhando Renata e Roberto, porque nos tempos de angústia eles se chegaram a mim como irmãos,  mas nem por isto eu vou deixar de dizer que você é  meu amigo. Jamais vou entender que o político da casa dos Pedro é outro. Pra mim, o político de lá é você. E quando escrevo sobre você, não uso apenas o meu Olho de Mulher, uso o meu coração de gratidão, respeito e reconhecimento. Cabeça erguida, meu amigo. Cabeça erguida. Vá a luta!
Aqui está o vídeo para que  você possa ouvir um pouco do discurso de Tarcisio Marcelo.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

ROBERTO E RENATA: COM O POVO, GERVÁSIO E VENEZIANO

Na noite de ontem (25/08), Roberto Flávio e Renata Chris, ex-prefeito e ex-primeira dama do município de Belém-PB, recepcionaram os seus candidatos a deputado estadual e federal : Gervásio Maia e Veneziano Vital do Rego, ambos do PMDB da Paraíba.

                                   Roberto Flávio, Veneziano, Valdo Fernandes e Gervásio Maia

                                     Lindo é ver que  a terceira idade está consciente e saudável

                                   Pense em dois meninos bons de sorriso e fotos

                                      Precisa falar alguma coisa? Estes não arredam da certeza: É 15!

                              Originalidade:  lindos cachos definidos e um público atencioso

                                                  Renata abraçando a sua gente amiga




                                      Aha! Descobri quem é Marcelo Bento (o menino do meio). E
                              descobri que  o facebook dele foi hackeado...Coitado:vítima de gente ruim.

                                  Estas meninas são demais. Chiques, sorridentes e amigas.

                                      Roberto Flávio falando com os seus convidados

                                A caravana da Rua Boa Vista não falta a nenhum evento do PMDB
Cercado de amigos e amigas, o casal RR demonstrava  felicidade por todos os poros. Ele no portão, recebia aos que chegavam. Ela, como sua auxiliadora principal, completava a amabilidade da recepção, no interior da área de lazer. Logo as  cadeiras estavam ocupadas, a área de lazer lotada, a cozinha abarrotada de gente e o outro lado da rua repleto de amigos do casal.  
O som deu piripaque, mas Renata não deu. Renata subiu ao "pódio", e abriu a reunião com a sua voz natural, com a rouquidão charmosa que Belém está acostumada a  ouvir.
 

domingo, 17 de agosto de 2014

VERGONHA TOTAL: ESCOLA DE EXTREMA POBREZA

Meus Amores e Minhas Amoras,
Estamos aqui entre as tendas do nosso querido Blog Olho de Mulher para divulgar imagens que o Brasil tem que ver. As imagens não são de uma escola de Belém-PB, mas merecem a nossa atenção, porque somos brasileiros, amados irmãos brasileiros do povo do Maranhão. E para quem acha que não temos nada a ver com a educação do nosso município, estamos aqui para mostrar que TODOS nós belenenses também temos muito a ver com a educação do país inteiro.

A escola chocante pertence ao povoado de Bom Sossego (Vila Portuguesa) em Itinga, no Maranhão. Segundo a postagem no Facebook do professor de Matemática, Zelacy Souza, essa escola oferta ensino multisseriado a 19 alunos do turno matutino. A professora recebe R$450,00. Ela se mostra sempre sorridente e,orgulhosamente, apresenta a biblioteca da escola. Pela redação de Zelacy percebe-se que a professora tem em seu espírito a certeza de que os livros são varas que cooperam com os saltos para o futuro. 

A escola não possui um banheiro.O que existe é um cercadinho de madeira que não é preparado para receber fezes. Nele se faz xixi. Na hora de defecar, a professora diz sorrindo, conformada com a realidade,  que os alunos correm para o mato. 
Que Brasil é este, meus amores? Que Brasil tão desigual é este, minhas amoras?
Esta escola é uma vergonha para o Ministério da Educação ou não é? É isto que fica na nossa cabeça. É isto o que mais nos machuca: DESIGUALDADE!



BELÉM DE UM PASSADO SIMPLES

 Encontrei esta foto na página do facebook de um professor maranhense, Zelacy Souza. Achei interessante a cara da ordem que a  simplicidade consegue emitir. A macro higiene é demonstrada pela concha que evita o mergulho de possíveis  copos usados, a disposição dos objetos, a harmonia entre o alumínio, a madeira, o barro e as pedras do piso.
Lembrei de bons tempos vendo esta foto. Fiz uma viagem ao passado. Estou em Belém-PB, no ano 1984. Venha comigo...

Em quase todas as casas de Belém-PB...
 Havia uma  estátua de gesso de uma mulher vestida por um vestido longo. Ela tinha cabelos presos, rosto suave e uma jarra no ombro: A samaritana. Na parede da sala, um espelho oval, preso a uma moldura de gesso que era pintada na cor preta. Cortinas de renda presas por galhos de  flores artesanais. Quatro cadeiras, com seus encostos se tocando em diagonal, quase de costas uma para a outra, formavam dois V's que se olhavam frente a frente. Uma ou duas cadeiras de balanço eram colocadas sobre tapetes de retalhos. Os mais servidos pela sorte do comércio ou da colheita do  roçado  possuiam uma vitrola. Dessas que o braço deveria ser levado para trás e, depois de se ouvir o estalo do braço, era trazido para frente, para que a agulha fosse pousada sobre a faixa desejada do disco de vinil. Quase todas as casas reproduziam os sucessos de Gilliard, Carlos Alexandre, Bartô Galeno, Márcio Greick, Altemar Dutra e Reginaldo Rossi.
Os móveis do quarto eram uma cama, um pequeno guarda roupa. A mala, sobre uma cadeira, era uma espécie de status social. Exposta como recordação de alguém que já havia ido ao Rio de Janeiro ou a São Paulo. Dentro da mala haviam cartas, perfumes, 
Poucas pessoas possuíam geladeira. A água era guardada em potes, formas ou filtros. Era uma água muito  saborosa, guardada no frio do barro e servida em canecas de alumínio...Foi por isto que a foto acima me fez viajar.

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

É PRA BELÉM TER UMA RUA NOVA MAIS NOVA AINDA!

Amados amigos e  Amadas amigas,


A música gospel ,da Banda Paz no Vale, estará  louvando ao Altissimo , louvando ao poder de Deus no Distrito de Rua Nova, no proximo dia 16 de agosto. A Banda é formada por Nilson ( baixo), Zeca (teclado), Leonardo ( bateria) e Daniel, Silmara e Fernando são os vocalistas.
Em conversa com o cantor Daniel, fiquei sabendo que todos os componentes da Banda são do Distrito de Rua Nova (Belém-PB), mas estão todos em São Paulo. Daniel ainda me disse que a história da Banda Paz no Vale é muito bonita e que as pessoas que comparecerem ao show passarão a conhecer esta história e compreenderão como Deus montou esta banda.
O Show da Banda Paz no Vale é totalmente gratuito. O cantor Daniel disse que o foco da banda é fazer a obra do Senhor. por isto a banda não cobra absolutamente nada.
Cheio do poder de Deus, Daniel Nóbrega pregava a Palavra para mim, no Facebook. Profetizava  com o poder do Espírito Santo. Honras e Glórias sejam dadas a Deus, por todos que sabem que o Senhor é Deus, por todos que sabem que só Deus é o Senhor!
Estarei lá. Vamos também, amados e amoras? Aham! Deus merece a nossa presença. A resposta ao convite de Daniel é Sim Sim Sim Sim!!!

terça-feira, 22 de julho de 2014

PREFEITA DE SERTÃOZINHO RESGATA FESTA DE SANTANA EM ALTO ESTILO




A Prefeitura Municipal de Sertãozinho-PB, através da prefeita Márcia Mousinho Araújo (PMDB), anunciou oficialmente o resgate da festa de Santana daquele município. Segundo a prefeita Márcia Mousinho, o resgate da festa de Santana é de suma importância, pois mantém  a  identidade do povo de Sertãozinho em  comunhão com a cultura da região nordeste. Além disso, a prefeita Márcia Mousinho ressalta que é sempre um prazer receber os turistas que comparecem ao município. Disse ainda que estes  são  seduzidos por fatores importantes como :a hospitalidade dos sertãozinhenses,a boa organização das festas do município, o talento dos artistas e o prazer do bem estar social que compartilham com amigos e famíliares.

A  festa de Santana será realizada em duas noites consecutivas. Na sexta-feira (25) haverá a III Amostra de Quadrilhas Juninas e, em seguida, subirá ao palco, para a animosidade geral  do público, a Banda Forró da Bolação. Na segunda noite, sábado (26), o ritmo  o forró pé de serra abre a festa, a partir das 20h, com a apresentação do grupo União Forrozeira. Na sequencia, Tom Oliveira vai levar o público ao delírio, principlamente quando soltar o vozeirão para cantar  Jóia Rara, música  que se transformou  em  hino popular do povo paraibano.  Forró de Cabo a Rabo e Niedson Lua também têm muito ritmo para a galera  arrastar os pés e levantar o poeirão .


domingo, 13 de julho de 2014

OS POLITICOS SILENCIOSOS DE BELÉM ESTÃO TRAINDO O POVO

Olá, meus Amados e Amadas...Amores e Amoras da minha vida!
Hoje quero dizer a vocês que prestem muita atenção nas críticas que fazemos no Facebook. Reparem que a administração que usa o  lema 


tem uma saúde que    está desacelerando, e quando colocamos estas críticas no Facebook qual político tem a coragem de curtir, comentar, se prontificar a interagir conosco ou com o prefeito e, sobretudo, qual deles tem a coragem de nesta hora se apresentar como REPRESENTANTE DO POVO? Qual é a jogada? A quantos e quais entendimentos  podemos chegar com a prática da carniçaria, "Coxinhas"? Bem,  ou tem gente abrindo o bocão com fingimento,  brincando de Doquinha pra cima de nós, brincando de ser representante do povo, e curtindo o Facebook só pra mostrar o ar da graça, por ter rabo preso com as benesses -e por isto mesmo tem mais é que abrir a boca só pra bocejar, mas ficar calada- ou tem gente que quer mais é que o povo se lasque mesmo...Mas e a OPOSIÇÃO? Que oposição é esta que se fez em uma legenda, pulou  pra uma unificação pré-estabelecida para a eleição 2016, e só fez isto quando o dinheiro falou mais alto, e por isto mesmo já tem candidato ao governo, candidato a deputado estadual, candidato a deputado federal, candidato ao senado, candidato a presidência, assessorias conseguidas e outras prometidas e um monte de promessas de ajudinhas para os bestas, mas não tem o povo belenense para defender? Que silêncio maltratante, meus amores e amoras! Que silêncio maligno é este? Que silêncio absurdo! De onde já se viu um exame ECG estar parado há dois meses, na Policlínica, porque o aparelho está quebrado, e toda raça de político de Belém achar que isto são coisas do SUS e ficar calada? Coisas do SUS cacete nenhum. Vocês já ouviram algum prefeito revoltado porque Dona Dilma não mandou a bufunfa da saúde? Dona Dilma pode não ser pontualissíma, pode tardar, mas não falta. 

Até TM que em seus 60 minutos consegue falar detalhadamente sobre esclerose não consegue falar sobre isto? Peraí, hermanos! Estamos FROID...IDOS?
Eu quero dizer aqui, amores e amoras da minha vida, minhas paixões de leitores e leitoras, que neste Belém tem político bom de peia que é uma beleza. Bom de discurso, bom de entendimento legislativo. Cheio de espírito de igualdade, cheio de vontade de nos defender, cheio de tudo que está vendo acontecer, político que lava os ovos com o maior carinho, na maior maciez da espuma em duas mãos, no maior lepo lepo da dissumulação, certamente pensando no banho das terças, à noite:-" Poxa! As coisas realmente não estão boas para o povo, mas eu não posso discursar isto na tribuna, porque não posso desagradar ao prefeito ou vou lascar fulano e fulana que são meus eleitores, pessoas que conseguiram um empreguinho."
Meus amores e amoras, como é triste ter o título, mas não ter a honra de poder representar o povo...Como deve fazer mal ao coração poder cumprir com uma meia dúzia de gente, mas não poder louvar toda a gente, sem fazer aferição de partidarismo! Como deve ser vazio o coração de quem vai matando os seus sonhos socialistas, substituindo um a um por conveniências...Como deve ser ruim decrescer em dever quando se aparenta uma falsa vontade, agindo com valores trocados!
Como deve ser triste, meus amores e minhas amoras, voltar pra casa sem saber quando se realiza um exame! Um exame tão importante...Um exame que salva vidas!
Minha sincera solidariedade aos que lavam os ovos pensando em como esquecer o dever com o povo! Bons lepos lepos pra vocês, cambada de ovos moles!
Minha sincera solidariedade aos que se vendem e abandonam pessoas...Se inscrevam no  Bolsa Prostituta!
Minha sincera solidariedade para os que PODERIAM formar um triunvirato de salvação, mas formam o da ambição!
Eu estou muito cheia de ver as coisas piorando. Muito cheia! Muito cheia mesmo! Com uma tremenda vontade de frigir todos os ovos moles!