A ELEIÇÃO DO CONSELHO TUTELAR


Está se aproximando o dia que os belenenses irão decidir quem fará parte da nova gestão do Conselho Tutelar...
Nunca se viu em Belém uma campanha do Conselho Tutelar ser tão disputada. Parece o palco das eleições municipais: aqui e ali você vê números, placas, faixas, e fotos de candidatos.
Acredito que mais da metade dos candidatos não tem o perfil para exercer o cargo. É o desemprego ou o aumento da renda que tem levado muitos a tentar sair do sufoco. Outros candidatos, ainda que tentem disfarçar suas futuras ambições, têm estampado na vozes e no rostos o espelho da professora Betânia Xavier. Foi como conselheira tutelar que a nossa atuante vereadora firmou seu nome no gosto popular, no melhor conhecimento do seu nome e na continuação da simpatia de muitos dos seus eleitores.
Outra pequena parte dos candidatos realmente deseja uma infância sadia e uma adolescência trabalhada para a formação de uma sociedade pacífica,digna e cheia de progresso. E é por isso que os eleitores devem prestar atenção aos nomes que estão lançados. Será que socorrer alguém financeiramente servirá para formar um bom conselheiro? Sérá que acreditar que alguns ambiciosos podem ter a mesma decente e excelente postura da professora Betânia, quando conselheira e posteriormente como vereadora, não é um tanto arriscado? É bom pensar... Há um grande risco de se formar um Conselho Tutelar que não corresponda às muitas urgências e relevâncias que estão postas nas vidas das crianças e adolescentes dos nosso município.
Desejo boa escolha para todos. Desejo ainda mais: Que tenham pausa e discernimento na hora do voto. Lá onde só há você e a urna existe o futuro.
Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.