A INAUGURAÇÃO DO COMITÊ DE RICARDO MARCELO

É bem louvável ser sincera.Todo mundo sabe que tenho grande afeto por Tarcísio Marcelo,mas isto nunca fez de mim uma babona, dessas fixas,que só vão para onde Tarcísio está, que por gostar dele sempre vai achar que ele está certo.Sempre tive posição...E algumas vezes me desgarrei de TM,não por ir buscar dinheiro ou favores de algum outro lado. Bastava eu cismar que o contexto não estava do meu agrado, quando Tarcísio dava um vacilo um pouco que gritante demais, e eu fazia o uso da minha liberdade. E quantas vezes balancei bandeira de PMDB na porta de TM! Na campanha de Edimilson Ribeiro,outro grande amigo( ah que saudade,meu Deus!) eu fiz isto, só por que curtia o jeito vereador de agir que Edimilson tinha. Na campanha de Hidalberto? Eu era uma das "langanhas" rsrsrs.Era tão bom aquela turma de gente humilde pegando camisa vermelha e pintando coelhinho...A gente aprendeu a pintar o danado do coelho, por que Hidalberto não tinha recursos nem para a camisa, nem para a tinta.Edgard deu a tinta e o pintor...Ôs tempos bons...A família de Tonheira de Benone,( esses ,a ssim como eu e tantos outros,nunca conseguimos um emprego) mas a galera , todas a pessoas destas duas campanhas foram espetacular!
Agora de volta ao presente:
Estive na inauguração do comitê de Ricardo Marcelo. Queria ver e ouvir o pessoal falar. Infelizmente meu amigo,meu querido Tarcisio, está numa das situações mais precárias em termos de discursar bom e bonito no estilo de elencar trabalhos. Ricardo pecou feio com Belém por ter sido distante da sua terra...Pouco se sabe dos 8 anos de trabalho de Ricardo para com Belém. E se houve algum trabalho que não foi bem divulgado, daí a necessidade de se ter uma boa assessoria de imprensa...
Meu querido amigo TM, um dos homens a quem posso ousar comparar ao grande Cícero de Roma, teve um discurso mais voltado para o socorro que Ricardo conseguiu, RECENTEMENTE, junto ao governador do estado ,para que 80 pessoas de Belém não perdessem os seus empregos. Não sei se realmente foram 80, por que eu não tenho esta lista...Mas se foram 10 ou 15 também merece aplausos do mesmo jeito,por que o dia em que a pessoa recebe demissão, certamente é um dia de derrota, e derrota nenhuma traz dignidade. Este foi o meu único aplauso durante o discurso.
Bem, o segundo ponto fraco do meu querido Tarcísio foi trabalhar um discurso voltado para as realizações pessoais de Ricardo. Chegar ao pico de um dos poderes do estado, presidente da Assembléia Legislativa, orgulho para todos os belenenses. É tão comum o homem pensar em si mesmo, mas em nada isto faz luz ao valor de um homem público.Homem público, se ainda existir este em sua integralidade, quer mais para o outro que para ele mesmo. Desejo que Ricardo consiga lograr exito nesta campanha, e que na oportunidade de se reeleger, volte o seu temperamento afetuoso e zelador para o povo de Belém. Corrigir a desatenção é possível,sim...E que esta correção não se dê simplesmente pela disputa da prefeitura, mas em favor de todas as pessoas que têm ou não honra de vê-lo deputado...Por que o que faz dele um homem público,depois do voto, é o nosso dinheiro,que deve e pode ser muito bem aplicado em Belém.
Foi bom ter ido à inauguração. Espero ver Ricardo Coutinho em Belém , dia 13. E certamente desta vez vou abraçar meu querido Tarcísio...Poxa,cometi o erro de não abraçar meu amigo...ô cabeça tímida, meu Deus!
Quanto ao tal Aguinaldo Ribeiro, o deputado federal,eu não sei e nem conheço...O único que eu conheço muito bem, que é uma pessoa maravilhosa, é o nosso querido Egue, marido de Maria,sobrinho de Edimilson, pai de Lucas e do mais novinho( ah eu esqueci o nome do bichinho) .O meu Aguinaldo Ribeiro é aquele que anda rua acima rua abaixo, com o ônibus dos estudantes. Este sim, é meu amigo!
Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.