As Esquinas do Céu

Ando "cabisbalta"

Dificil eu ficar assim, mas também sou gente!
E tem dias que lembro disso com mais ternura...
Então ,largo o ferro dos meus pulsos
E destilo os alveólos das minhas portas!

Um certo dom boreal que há em mim,
Quando menos espero,
E quando nunca peço,
Cata no vento
As coisas futuras...
E quando menos quero
Vejo perfeitamente
A faca
A lama
O corte
O julgamento
A cara da vida com bafo de dote.
Ouço a fala ,à minha frente, calada
O coração ignóbil
Que dentro de si
Traz o tum tum
Daquele que tem causa farsante

Quando menos busco,
Sei lá qual nação
Dos arcanjos me empurra!
Do nada, mas sem ser por acaso,
Sem querer eu saio
Ando
canso
Paro
Continuo
Chego
e
Subo o voo
Por cima,
Para baixo.
Estou vendo nos olhos
A falsidade,
Que tão imbecil é
Ao ponto de se julgar
irreconhecível,
Bailando ali,
Nos dentes da minha visão.
Estão
Abertas
As esquinas do céu:
Eu vejo
A nata dos olhos cinzentos
A boca que finge sentimentos
Então,
No escurecer da noite,
A estratégia fonada
Movimenta o silêncio dos meus ancestrais!
Não sei por que me permito
Andar por entre as nuvens escuras
Das liteiras enganosas,
Se todas são acortinadas.
E todas,
Em diversas cores,
Trazem reis
De alma em escarpa.
Eu preciso
Desdobrar,
Voltar,
Voltar!
Permita-me a volta
Ó, Nação dos desconhecidos arcanjos!
Não sei onde o vizinho
Da minha alma está...
Eu preciso desdobrar
As esquinas do céu,
Por que em todas as visões,
desnudei
O ventre dos bichos !

Domitila Belém

Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.