DILMA DESISTE DO KIT ANTI-HOMOFOBIA


Depois daquela besteira que o MEC aprontou por  chancelar o livro do plural engolido ,e que repercutiu críticas não só dos intelectuais e dos país dos alunos ,mas também de boa parte das pessoas  que opinam em blogs, jornais ,revistas e outros canais de comunicação, a Presidenta Dilma ,após a pressão de setores religiosos da Câmara dos Deputados, por meio do secretário-geral Gilberto Carvalho, pediu a suspensão de produção do kit anti-homofobia nas escolas públicas. Um dos cabeças do movimento para o cancelamento, o deputado evangélico Anthony Garotinho (PR-RJ), disse à Rede Brasil Atual não querer que “dinheiro público financie opção sexual.” O kit contaria com três vídeos e uma cartilha com orientações contra práticas homofóbicas e seria distribuído na rede pública de ensino.
Cara, pense aí no rolo dos infernos que seria para os professores trabalhar um material que contém cenas de beijo de dois seres masculinos! Claro que seria constrangedor.Muitos de nós não nos sentimos à vontade em assistir certas cenas perante os nossos pais e filhos..Imagine o coitado do professor ou da profesora enfiado em uma sala de aula com um friquitó  desse!
Há muito se ouve falar em opção sexual, mas em disseminação da opção é um tanto que demais para a cabecinha das nossas crianças.
Sabemos que os adolescentes, por suas tempestades de hormônios, passam por várias situações para o "fechamento da personalidade", e o kit poderia fomentar vários tipos de decisões .Poderia ser interpretado como  a liberação exagerada por uma opção sexual transversal, ou seja, incentivada pelo kit.
Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.