O PT DE MATO GROSSO PEGA PESADO COM EX-SENADORA Serys

Enquanto o PT se preocupa com Palocci, protege como quem cuida de um filho frágil, por 28 votos contra 17 pela absolvição e um pela expulsão, o diretório regional do PT de Mato Grosso decidiu ontem suspender a ex-senadora Serys Marli Slhessarenko de qualquer atividade política pelo diretório, por um ano. A decisão foi comparada pela petista como "autoritarismo fascista". Serys tem 10 dias para recorrer ao diretório nacional.
E olha gente, que a senadora só faltava dar o sangue pelo PT, o que parece que ainda acontece já que vai recorrer para se manter dentro de um partido que a desmoralizou...Heloísa Helena fez bonito,  foi guerreira,se livrou da paixão PTista quando deu com a verdade e com a decepção, fundou o PSOL e se transofrmou numa das maiores combatentes das injustiças e falcatruas do PT.
Amanhã, advogados da ex-senadora entram com aditamento requerendo que medida cautelar interposta pela senadora em 17 de maio seja julgada ainda esta semana. Na cautelar, Slhessarenko pedia a anulação de todo processo que culminou com a sua suspensão.





Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.