PALAVRINHAS MÁGICAS: EMPATIA E INSALUBRIDADE

 Você já ouviu falar em se colocar no lugar do outro? Este estado de evolução espirituosa tem uma palavra específica e se chama empatia.
 O sentimento empático não significa se apiedar de alguém, ter compaixão do outro ou ser advogado de uma pessoa- ídolo mesmo quando ela estiver errada.A empatia é uma condição de sentimento justo, digamos que seja a razão da emoção. Na verdade ser empático significa deliberar compreensão para com as reações do outro que, claro, são reações que estão cercadas pela origem das ações exteriores e pela cadeia das causas que elas podem gerar : reações e duelos de finalidades.
Hoje estou tocando neste assunto,e até fazendo uso de uma escrita mais requintada, por que não podemos ler como crianças quando o assunto é de plena maturidade. Não podemos deixar que o direito subjetivo seja amortecido pelas relações de amizade. Há que se haver a compreensão de que o direito objetivo abre as portas do reclamante ter o direito subjetivo como SOS. Como trocamos isto em miúdos?
Veja bem, quando a lei determina que alguém me paga, estamos falando de direito objetivo. Quando estamos falando que alguém me paga por eu estar garantida pelo direito objetivo, estamos falando de direito subjetivo, ou seja, estamos falando de garantias legais.
Aguardamos resposta sobre a INSALUBRIDADE do servidor da Saúde. Já olhei lei que só a gota serena. Essa gratificação existe, Já li a lei 6514 ; já li NR 15 e o seu anexo n° 14 que nos dá pleno direito ,por estarmos diretamente envolvidos com os riscos dos agentes biológicos  . Já li a súmula vinculante n° 4 do STF que nos garante  20%  do salário base , como gratificação ( insalubridade de grau médio) e não tenho dúvidas. Nós temos o direito objetivo. Encontrar essas leis? Clique aqui mesmo no Olho de mulher:




http://www3.dataprev.gov.br/SISLEX/paginas/42/1977/6514.htm
Anexo n°14 da NR 15


Se Pedro disse "Traga-me a lei". Estou com todas elas...Além disso já sei que a 13ª PRT- Procuradoria Regional do Trabalho- tem técnico de Segurança do trabalho a tempo e a hora em que for solicitado.
Quem está comigo levante o dedo, por que eu não estou sem a lei !
Estou gozando  férias,mas à disposição da Prefeitura de Sertãozinho, da secretária da saúde, dos servidores da saúde, para resolvermos isto a qualquer momento.
Junho tá aí, gente...Quem não quer insalubridade para comprar o milho que me atire às brasas da fogueira!
Empatia...É só entender que não estamos falando sobre o interesse de um, mas sobre o direito de muitos.

Em nome dos servidores da saúde de Sertãozinho, fazemos petição ao Excelentissimo Senhor Prefeito de Sertãozinho, Antônio Ribeiro Filho e da dignissiima secretária da saúde, Márcia Mousinho Araújo, para que em caráter de urgência e relevânicia tomem providências para a implantação da gratificação da insalubridade e nos comuniquem sobre o assunto.

Era o que eu tinha para escrever, amados e amadas:

Edilene Ziza do Amaral

Observação: Senhor Antônio, pelo amor de Deus não me ofereça o milho que é plantado na sua terra, por que o pessoal confunde muito as coisas. Acha que prefeito ou tem que ser inimigo ou quem sabe conversar com o prefeito é puxa saco ...Do jeito que eu estou atacada hoje, se eu levo nome de aloprada como as meninas levaram, por que estavam na praça e iam para a sua fazenda buscar milho, vai voar bagaço de blog prá tudo que é canto !

Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.