ZÉ ORLANDO USA MENTIRA E TENTA TIRAR O PRTB DA GENTE

Amigos e Amigas,

Pois não é  o satanás mesmo...A pessoa tanto que reza, meu Deus, mas a tal da inveja e do olho grande são duas desgraças, e quando misturadas com a mentira aí é que o perigo é maior
Zé Orlando foi ao encontro do nosso querido presidente estadual dizer que é meu primo e pedir o PRTB para ele. Mas o amigo Tito, nosso presidente, é velho de serviço e de fidelidade para com os seus e disse Nã Nã Ni Nã Não!!!
Eu não sou  prima dele coisa nenhuma! Por acaso mamãe tem alguma irmã Ziza de Pilão ou papai tem algum irmão  Amaral de Pilão?! Aqui em casa é todo mundo Colher de Pau mesmo...É só Amaral. Somos todos  bons de mexer mingau, Bigurrilho! Tire o cavalo do Pau e o olho do PRTB!
Senhor Zé Orlando, o senhor não tem vergonha de ser mentiroso? Homem, que coisa mais feia! O seu sonho maior  é ser desmoralizado por uma mulher? Pois já conseguiu !
Tome vergonha na cara, deixe de ser mentiroso! Ache um partido para o senhor, faça amigos, entre no cenário, mas pelo amor de Deus respeite a verdade da vida das pessoas. E acredite de uma vez por todas que dinheiro não compra moral nem compra consciência, tão pouco a confiança das pessoas.
Ah! Gente...A Tilinha ficou doida de raiva...Vamos ver se conseguimos acalmar a danada, por que ela disse "Mexeu com o meu partido, mexeu comigo"

Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

1 comentários:

  1. kkkkk, os bonequinhos brigando, Só faltou um Fatality!!

    ResponderExcluir

Faça o seu comentário.