NÃO SOU MAIS A TITULAR DO PCCS DA SAÚDE

Ontem fiquei sabendo que Thaís não gostou por eu ter postado no blog o parecer do Tribunal de Contas que pediu a sua exoneração. O Blog muitas vezes é mal interpretado, pois ao invés de se preocupar com o real teor das individualidades, procura o teor da coletividade e da informação precisa. Além disso, o que está na internet não é mais objeto de sigilo, e na dúvida sobre a amiga de trabalho saber ou não sobre o parecer, fiz uso de uma postagem que encontrei na internet, na maior boa intenção de lhe assegurar a publicidade do fato e não de lhe causar constrangimentos. Até fui mais adiante, questionei o possível silêncio da prefeitura...Coisa que talvez muitos colegas não fariam, por que o número de gente que busca estar em paz por manter a boca fechada não está no gibi, e não está nem aí se o colega que trabalha ao lado vai tomar um prejuizo.Ao contrário da amiga, que terá as bençãos da secretária e do prefeito que farão o possível para mantê-la no cargo, eu também sofri afastamento da prefeitura, e por coincidência, à época fui muito humilhada, tendo recebido da boca de Severino Rufino que deveria dar meia volta volver, e pense numa agonia, mas enfim : Aquele que o Senhor abençoa, abençoado está para sempre e não perdi a minha vaga.
Adianto aqui que estou entregando a minha situação de membro do PCCS da saúde , representante dos funcionários da Saúde, limitando-me apenas a comparecer às reuniões de interesse de todos. E peço à secretária que convoque Doutora Nice para assumir a vaga, saindo  da condição de suplente, passe esta amiga de trabalho a ser a titular. Nice é alguém por quem tenho o maior carinho e admiração, assim como sei que todos os colegas também têm.
O motivo não é o desagrado da amiga Thaís, não é isto, por que essas coisas são como coisas de família, logo se resolvem e fica tudo em paz. E nem conversei ainda com ela, nem quero que julguem a menina. Na verdade gosto muito dela e torço ,sinceramente ,para que continue onde está, até por que graças a Deus ela corresponde muito ao que o município precisa como boa funcionária que é. Não cabe mais a mim segurar a chateação que está sendo implantar a tal insalubridade nesse ronco de é hoje não é amanhã, e ainda por cima ser levada como concomitante de um plano do atraso. É impossível manter uma cara de babaca, sabendo que devo satisfações a todos, e ver que parece que falo ao vento, ainda mais quando olho para um FPM e um fundo nacional da Saúde que nos mostram quantias que  em nada empobrecem a prefeitura nos pagar o que é direito nosso.
Como estamos completando um ano de PCCS neste junho, sugiro que façam nova eleição para representante dos funcionários, por que a vaga está em aberto.
Para não comprar a guerra de muita gente, não todos os amigos, que depois fica falando mares de bobagens pelas minhas costas, volto a repetir que não é Thaís, julgando que tenho usado o PCCS como assunto de alavancamento político, prefiro a partir de hoje fazer pela minha paz o que a minha consciência mandou, e ter a nobreza da tranquilidade que também me permite ser um indivíduo.
Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.