SUPER APOSENTADOS ,POR INVALIDEZ,DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA TRABALHAM EM OUTROS LOCAIS

Dos 454 aposentados da assembleia legislativa de Santa Catarina, 210 pararam de trabalhar por invalidez. “Um absurdo a partir do momento que você observa que hou ve uma epidemia de cardiopatia grave, que não é a realidade nacional”, diz o deputado estadual Jailson Lima.
Entre os aposentados, dois ex-procuradores: Sérgio Carriço de Oliveira e Saulo Vieira. Eles pararam de traballhar no mesmo dia: primeiro de agosto de 2001. De acordo com um documento da diretoria de Recursos Humanos da diretoria da assembleia legilslativa, de maio deste ano, o salários deles é de R$ 24 mil.
Mas apesar da aposentadoria invalidez, o site de um escritório indica que eles continuam trabalhando: aparecem como advogados associados. Uma consulta feita no site do Tribunal de Justiça também aponta que os dois estão na ativa. Sérgio é advogado em um inventário feito em 2008. Foi encontrada também uma ação penal em que Saulo faz a defesa.
Outro aposentado por invalidez permanente é Pedro Bittencourt Neto. Ele era advogado da assembleia, se aposentou também em 2003 com uma remuneração mensal de R$ 35 mil...
Pedro Bittencourt é hoje conselheiro da Companhia de Saneamento Básico do Estado, a Casan, e presidente do Conselho da Companhia de Energia Elétrica, a Celesc.
No manual de aposentadoria do Instituto de Previdência do Estado, fica evidente que o aposentado por invalidez não pode realizar qualquer trabalho, sob pena de processo administrativo.
"A partir do dia 11 de julho começamos a submeter todos os aposentados por invalidez da assembleia para apreciação na junta médica do estado de Santa Catarina”, fala o presidente da Iprev, Adriano Zanotto.
A avaliação, desta vez, será feita pela junta médica do estado. Os aposentados haviam sido avaliados por médicos do próprio legislativo. Mas a forma como a perícia será feita é a mesma: os aposentados por invalidez é que ficarão responsáveis por levar exames que comprovem a incapacidade para o trabalho.
 
Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.