FORRÓ DA XETA BOMBOU EM BELÉM E PÉ DE SERRA NA RODOVIÁRIA FOI UMA GRANDE IDÉIA



 A segunda noite do São Pedro de Belém ficou por conta da alegria que costumamos viver. Graças a abertura da banda Forró da Xeta tivemos o calçadão do forró super lotado, animadissímo como é  de costume. A banda alavancou  a dança, a animosidade da galera presente era vista no chão e nos camarotes e relampejada nos telões. Parabéns ao prefeito por ter contratado o Forró da Xeta: ROBERTO DESSA VEZ ACERTOU BONITO. E quem teve a feliz idéia também recebe os nossos parabéns.
Forró Pegado mandou sucesso no microfone e também brilhou... Agora quem está cantando é Solteirões do Forró, outra banda que descola o pé do forrozeiro do chão. Esta é a festa que identifica Belém como cidade forrozeira.
Ah, mas tem uma novidade que mexeu com o público e que não posso deixar de registrar aqui:  foi o forró pé de serra, instalado na rodoviária. Com artistas de Belém tocando e cantando  e a galera se esbaldando de dançar.Merece repetir esta novidade ano que vem, gente! .De quem foi essa idéia maravilhosa? Só pode ser coisa de gente que pensa muito bem. Parabéns!
Estamos aguardando a última noite com muito carinho, e claro que vamos curtir a  tarde de hoje que também vai ter trio  puxando o povo para dançar.
Deixamos aqui ,desde já, o abraço receptivo aos turistas e à dupla símbolo do nosso São Pedro. Qual é a dupla que faz o povo amanhecer esperando por ela?  Quem é que  acorda , carinhosamente, aqueles que estão em casa e atrai esses dorminhocos  para dançar forró? Quem é que canta para mulher  ingrata e fingida? Quem é que traz o vaqueiro para o calçadão? Quem é que diz SIVIRANU E SIVIRINO? Uhuuuuuuuu: Sirano & Sirino. Sempre lindos e simpáticos, sempre bem vindos, sempre sucesso no São Pedro.
Feliz terceira noite de São Pedro ,Belém!

Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.