RICARDO COUTINHO TEM QUE SER RÁPIDO PARA O SOCORRO DAS CRIANÇAS DO INTERIOR

 Todos nós sabemos que o Hospital Nossa Senhora da Luz,localizado em Guarabira-PB, ao fechar as portas para o atendimento pediátrico ,pelo SUS , causaria uma grande diferença no sossego dos pais e na situação das crianças que  residem na abrangência do 2ºNRS que precisam de atendimento médico. 
O Hospital Regional de Guarabira tem encaminhado crianças para João Pessoa, fazendo com que a demanda da capital cresça, os poucos veículos das prefeituras sejam insuficientes, pais humildes sofram todo tipo de desconforto imaginável na disputa por uma vaga para as suas crianças, e na condição de se manter acompanhante, responsável pela criança hospitalizada na capital, os mais humildes sofrem baldes de aperreios.
Enquanto isto o Hospital de Belém tem recebido as crianças , mas até quando suportará essa demanda regional? Acaso os clínicos gerais que trabalham em  Belém são mais médicos que os cirurgiões renomados do Hospital de Guarabira? Em desacordo com essa atitude por parte dos médicos de Guarabira, muitos deles trabalham em saúde da família e atendem a demanda infantil.Por que este paradoxo?Podemos levar em conta que a humanização do Hospital de Belém está em alta? Creio que sim,e só nos resta reconhecer que graças a Deus temos médicos amigos da criança por aqui.Além do atendimento do Hospital de Belém, não podemos deixar de fora os nossos agradecimentos a Doutora Dayse Ismael, que tem prestado assistência médica às crianças belenenses e de outros municípios, tanto pela esfera municipal,na unidade de saúde de saúde de Rua Nova quanto em seu consultório particular. 
A verdade é que nenhum clinico é obrigado a fazer o atendimento pediátrico, salvo em risco eminente, porém todos são excelentes em diagnósticos  de diarréias, vômitos,amigdalites, e outras patologias que podem ser combatidas e curadas por eles...Por que a omissão da humanização? Os cálculos das medicações são mais trabalhosos? Ora, são feitos com a mesma matemática utilizada para a prescrição dos adultos. A mesma regra de três que se utiliza no gotejamento do soro é aplicada, muda-se apenas o equipo para microgotas, e consecutivamente chega-se à prescrição exata que o peso da criança admite. Alguma dúvida sobre a prescrição? Tudo está no DEF ( Dicionário de Especialidades Farmacêuticas). 
Ah, já sei onde está o problema: Não existe uma ala pediátrica no Hospital Regional de Guarabira. Nisto aí os médicos estão certos. O que fazer?
Senhor Governador, as crianças do interior precisam urgentemente de leitos, pediatras, enfermagem pediátrica, local especializado para cuidar da vida delas. Pode o seu governo ser urgente,por favor? Espero que sim, senhor Ricardo Coutinho, por que até que o senhor me prove o contrário, eu acredito no seu governo como fonte de socorro, e socorro imediato!

Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.