ALUNO DO COLÉGIO ESTADUAL DE BELÉM É VÍTIMA DO ABUSO DE PODER DO VICE DIRETOR




   Henrique, o vice-diretor do Colégio Estadual Eng.ª Márcia Guedes A. de Carvalho, acometeu-se de uma extrema falta de conhecimento e diálogo , e submeteu um aluno ao ridículo vexame: o tratamento que se dá aos foras da lei!
Simplesmente por que o aluno estava usando uma camisa de listras, e não uma camisa que o identificasse como um aluno fardado. Mas vocês sabem dizer  se chegou alguma farda para os alunos de Colégio Estadual? E também sabem que farda não é de uso obrigatório?! Pois não é , amigos. A farda serve apenas para mera identificação do corpo discente,  como instrumento separatista de alunos,professores ,outros funcionários e visitantes. Serve para não deixar porteiro em dúvida. Serve só para dar aquela carinha de casa arrumada...Mas aluno sem farda tem sim o direito de assistir a aula, Henrique!
Ora!  Se o aluno era conhecido do senhor Henrique, e não um invasor perigoso, não havia motivo algum de ser levado ao fim e ao cabo de ser tratado como um infrator,não é mesmo? 
 Tudo o que não está na Constituição fomenta um direito de livre arbítrio para o cidadão, que neste caso não comete crime...Quem anda na pontinha da lei, direcionada pela bússola da legalidade  é a Administração, que só pode fazer o que está na lei...O cidadão não, Henrique! Camisa de listras não é ilegal !
  Tentando retirar o aluno da escola, e vendo a negativa por parte do mesmo, o vice-diretor caiu na ousadia de chamar a polícia : Hei Hitler, incorporou-se em Hei Rique! Ah, se fosse com um filho meu que acontecesse uma dessa...Ô moído feio,  e para governador algum ficar sem saber!
Amados e amadas, sabemos que o mais interessante é que não aconteça a evasão escolar, sabemos como é importante a educação e como os nossos jovens estão muito mais guardados sob o teto da escola que sob às escuras pontas de ruas. O que a escola deve fazer é justamente formar cidadãos e não pessoas acostumadas aos constrangimentos.
A recomendação de um estado moderno é que a capacitação esteja em plena atividade, daí o perigo de se fazer educação com pessoas que estão longe de alcançar a flexibilidade das normas e, por tamanho nível de despreparo,  deterioram a instituição, desintegram o público alvo e reforçam o atraso da sociedade.
Inadimissível a sua atitude,Henrique. Doamos para o aluno e para sociedade de Belém a nossa solidariedade  e repudiamos às claras o gesto do vice-diretor.
 Homenageamos a liberdade de ir à escola  adquirir conhecimentos e  cidadania, com a imagem da professora Hipátia, na camisa do Blog Olho de Mulher.
Receba a Vaia do Blog Olho de Mulher, senhor Henrique: UUUUUUUUUUUUUUUUUU



Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.