AMIGOS PRECISAM ENTENDER QUE AS DIFERENÇAS EXISTEM

Amadas e Amados,
À pele da  camiseta rosa
Fazendo a paz entre amigos
Que é tão linda e tão prosa
Estavam os meus docês gemidos




Um blog tem missão social de representar o pensamento, os gostos e a liberdade da pessoa que o organiza. Seria dificil ser uma pessoa com determinado comportamento  presencial e ter outro comportamento no blog, certo? Não tenho uma  gêmea bivitelina para fazer as segundas vozes das minhas opiniões , nem a segundas poses das minhas atitudes.
Ora, se aqui escrevo o que penso, é por que demonstro quem eu sou...Desculpe-me , o querido amigo de trabalho,o motorista. Se ficou um tanto que "chocado" com o meu blog é por que nem sempre as pessoas escrevem o que gostamos, por terem opiniões diferentes das nossas. É preciso que os leitores entendam  que quando escrevemos uma poesia temos o prazer de   agradar o maior número de pessoas, e mesmo assim sabemos que  muitas pessoas  não se agradam do nosso estilo poético, por mais suaves que sejamos,mais conotativos e cheios do espírito metafórico.Imagine  quando discorremos as realidades ,querido! Infelizmente, fazemos o acinte que não quebra o senso comum,por que todo mundo sabe o que fede e o que cheira,  mas temos as letras que destoam o coro de algumas  torcidas. O que  importa a nós, como críticos, que pequena parte   da torcida seja grupos de apaixonados, admiradores  incondicionais que não cruzam os fatos de acordo com a torcida que está murchinha na geral?  A torcida da geral não está fora do ângulo da boa visão, ela está com os dedinhos cruzados, esperando que o gol contra a falta seja marcado! E este gol contra a falta significa  a revisão dos nossos salários, a insalubridade. A  bola que atravessará  a barreira, fazendo o gol contra a falta, é claro que em primeiro chute é a administração pública...Há possibilidades desse gol só ser marcado depois do apito do juiz? Sim há, mas que todo mundo sabe que estamos tentando no maior carinho que seja o prefeito, todo mundo sabe!
Independente de cada um de nós ter uma atitude, não significa dizer que as diversas opiniões que temos estará ferindo  a interação pelas  boas causas.  Nem sempre o ambiente abriga uma realidade igualitária,mas a boa causa é pacificadora das diferenças e não é bom  que misturemos joio e trigo. Sabemos sim que o poder público trata melhor, escolhe bem, demanda mais favorecimentos e diferenças de tratamento amigáveis para as  pessoas da sua confiança e da sua simpatia. Quanto a isto não critico, no tocante a saber que em todos os mandatos ocorrerão os bons e melhores momentos para aqueles que serão mais vistos, mais queridos, mais merecedores de reconhecimento. Seja por uma luta em campanha, um apoio voluntário, um trabalho mais dedicado a favor  dos desejos do político quando ainda em campanha, ou seja pela intimidade   no momento da gestão, as pessoas mais queridas terão suas situações bem melhores. Está certisssimo o político que recompensa com gratidão a essas pessoas desde que esteja amparado pelo seu poder discricionário de elencar seu grupo de " seguidores confiáveis", sem no entanto ferir a legalidade e a moralidade. Afinal, a lei da bondade que abraça os cargos de confiança é alinhada  ao principio da gratidão do político e da sua necessidade de ter um grupo de pessoas que não prejudicarão o seu mandato .
O que construo aqui  não é um miado para fazer insatisfeitos , é um grito pela igualdade dos direitos que abraçam a todos nós como servidores.Tantos abraçam os mais queridos pela administração quanto aos mais comuns de nós. Direitos acumulados pelo esquecimento dos acordos, ancorados no descumprimento da lei precisam sim ser lembrados.
Hoje estava como servidora, faço e sempre farei o trabalho que me pedirem. De palestras a limpeza do chão (somente se for preciso, claro), por que não vejo humilhação em servir , em cooperar, em ajudar o amigo de trabalho que está fragilizado pela doença ou pela carência de um auxiliar.Não sou contra o trabalho que serve à população. Admiro as iniciativas tomadas a favor da saúde, valorizo os movimentos de prevenção , as campanhas de ataque ao problema , os eventos de educação em saúde, de controle epidimiológico. Homem, se eu usei microfone rua acima , rua abaixo falando mal de cigarros.Eu que sou fumante..Imagine se eu não faço qualquer coisa , contrária ao meu próprio erro , para trabalhar a favor do certo...
Sorrio com os amigos sinceros, sou capaz até de abraçar quem sente vontade de me morder( não mordem não , por que não são doidos que eu sei)...Agora, pelo amor de Deus...Não esperem de mim que eu seja feliz e sente-me no banquete da omissão, seja sorridente como uma PROPINADA ALIENADA, recebendo brindes como se fosse criança ganhando pirulito e esquecendo os "tapas" do descaso para com assuntos pendentes na vida do servidor.
Eu nunca quis o excedente, não andei pedindo gratificações abençoadas pelo poder( mas reconheço que Antônio Ribeiro criou uma gratificação especial de 20% para muitos de nós. Eu a recebi tal gratificação por mais de 4 anos, em função de ir colher o sangue dos acamados e qualquer serviço extra que estivesse ao alcance das minhas atribuições. Não quero o brilho, nem o protecionismo. Tal gratificação foi criada pelo gestor, retirada agora, depois do PCCS da saúde, por que não era uma gratificação fixa.
 Há muito eu falei em uma reunião, em que estávamos levados para vivermos a união gregária e discutirmos nossos interesses, que  a palavra que me define é DIGNIDADE. E é verdade. Fé e Dignidade para mim são palavras cunhadas na minha personalidade ,e isto pode até ser radicalismo extremo , imutável, mas não será trocado por uma mentira maleável,um fingimento,   só para que eu me dê super bem. Se as coisas estão bem eu falo, se não estão eu também falo.
Alguns amigos, graças a Deus estão bem,  sentem necessidade de ver a folha de pagamento sendo renovada por que é claro que todos precisam da revisão salarial, mas graças a outras gratificações estão em equilibrio com o aumento do salário mínimo e dos preços das mercadorias. Outros trocam dias de trabalho em Sertãozinho para terem uma grana extra em outro trabalho,pois o dia de desconto em Sertãozinho sai bem menor que o dia do lucro para especialistas  ou técnicos contratados por outros municípios. Outros conseguem completar a grana que não chega pelo  aumento  com diárias. Isto é bom para eles, claro. E eu fico feliz que isto aconteça, afinal de contas quem pode ir se virando é melhor que o faça. Mas e o todo? E a coletividade? |A camada dos funcionários exclusivos do município e dos que não têm nenhuma atividade que acrescente diárias? É aí que o trem sai da linha, e a necessidade da revisão salarial urge pela sensibilidade da administração...E é nisto que, estando a administração sem nos dar resposta positiva, tenho estado triste, infelizmente.Não sei até quando, mas não posso e não consigo fingir que está tudo bem...Daí por que não gostaria de ferir pessoas com as palavras que escrevo, mas não tenho como, só para ser amada, ser uma bajuladora incontinenti. Para ser respeitada como a simpática jamais farei uso da hipocrisia ou de meia dúzias de telefonemas com risinhos só para enganar as pessoas que comandam nossas vidas de servidores, deixando que elas pensem que estamos super conformados..É de mim ser quem sou...Poxa, seria tão feio enganar e ser enganada.Falar por trás, fingir..Por que praticar essa feiúra se a própria Biblia diz que o mentiroso é filho do diabo?
Da próxima vez, querido amigo motorista...Não imagine se tem a vaga no carro. Se for necessário, ou por qualquer outro motivo( apesar de não acreditar que essa ordem tenha vindo de alguém,até por que não conheço este tipo de comportamento na prefeitura de Sertãozinho)...Se o carro não me cabe, não farei barulho algum. O carro não é meu, o quanto não é seu...Mas ficarei fora dele com muita educação.
Na esquina de Sertãozinho sempre passam amigos.  E se eles não passarem, eu tenho certeza que qualquer mototaxista  tem o prazer de vir a Belém comigo ou algumas familias  não me negariam uma dormida, duas, três , quantas forem necessárias.
Seja você, eu gosto de você mesmo assim. Mas permita-me que eu seja eu,  deixando você livre para gostar ou não de mim.
Nossos parabéns a todos os que se envolveram com a campanha nacional de combate ao câncer uterino. Foi uma bonita causa. Guardarei a camiseta rosa com muito carinho, ela faz parte das histórias da nossas vidas em Sertãozinho,mas neste momento o meu peito tem o grito da camiseta preta que postei aqui: DIGNIDADE JÁ
Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.