NA VERDADE ATRAÇÃO MESMO SÓ ACONTECE ENTRE OS ESPÍRITOS


Postagem especial:
Para a amiga que perguntou-me sobre o que fazer para conquistar aquele cara...

É verdade que os opostos se atraem? Eu discordo. Neste caso,  não são as cartas, mas a física que não mente jamais:  os opostos se repelem !
Na minha opinião, o semelhante é interiorizado, é o ímã do negócio. Não tem essa de só por que o  cara é careca e eu cabeluda, o cara é alto e eu sou nanica, o cara é timido e eu sou extrovertida, nos considerarmos opostos. Os valores e as condutas, os sentimentos de base, ou ainda a flexibilidade que um pode adquirir, a favor de aceitar algo  mais desenvolvido pelo outro,  formam a consagrada semelhança. Os semelhantes são internos.Quando falo sobre isto  lembro da  letra de uma música cantada por Fafá de Belém :
  Dentro de mim mora um anjo
Dentro de mim mora um anjo que tem a boca pintada
 Que tem as asas pintadas
Que tem as unhas pintadas
Que passa horas a fio no espelho do toucador
 Dentro de mim mora um anjo que me sufoca de amor
Dentro de mim mora um anjo montado sobre um cavalo
 Que me sangra de esporas: 
Ele é meu lado de dentro 
Eu sou seu lado de fora."
Que quer dizer isto? É a própria mulher? Ou seria ela/ele ao mesmo tempo? Será  um homem que ,de tão semelhante à mulher que o ama,  torna-se  o próprio eu- lírico feminino da mulher que declama este amor? Bem,  a mesma música  adverte em seu inicio: Quem me vê assim cantando, não sabe nada de mim...A letra não diz ao ouvinte que  falou abertamente sobre o exterior, antes mandou recado pelos olhos de quem se autoconhece: falou sobre a internalização, sobre os segredos da alma.  Ops! Então, pensando pensando, pensando...O anjo não é ela, certo? Ele é o seu semelhante, dentro dela.
Outro dia eu disse a um semelhante que elogiou-me sobre determinada atitude: Não sei por que a surpresa...Dentro de mim mora um macho, e este macho é você!
A atração dos espíritos se dá não apenas pelo cheiro particular de um que agrada ao outro, tão somente pela tal  química da pele, dos toques. Se estas pequenas gostosuras fossem suficientes para atração sem futuro golpe de repulsão,  até hoje estaríamos todos  embeiçados no primeiro beijo gostoso que arrumamos para as nossas bocas.  Não fossem as repulsões que as almas opostas revelam, jamais saberíamos o quanto a carne é fraca tanto tanto para fazer escolhas sensatas quanto para formar ligas perfeitas para a união de duas almas.
Na realidade alguém atrai alguém, por que um tem muito do outro. São pessoas que se reconhecem nas outras que irão procurar se manter próximas. Quando um  começa a se reconhecer ao lado do outro e  provam juntos, não só os beijos agradáveis, mas a sangria causada pelo anjo de esporas e ainda continuam juntos, é por que não se surpreenderam com o oposto, mas dividiram até as falhas e  as dores  semelhantes.
É preciso entender ,amiga, que não adianta recorrer aos esforços maluquinhos para conquistar aquele danado  oposto. Oposto não tem um pedacinho de ímã que puxa o outro pedacinho de ímã que você tem dentro da alma.Adianta você ficar com vai e volta? Quem tem esse pedacinho de ímã é o seu semelhante. Creia que o seu semelhante pode estar lá do outro lado do oceano, ele reconhecerá, no dia certo, no momento exato, que mora dentro de você.
O filósofo Cacaso ajudou Sueli Costa a escrever Dentro de mim mora um anjo...Só poderia vir de um filósofo, unido à sensibilidade de uma mulher, uma visão tão semelhante.Eles falavam de um anjo mulher(/), mas Fafá quando cantou falava de um homem anjo (/) : Ele é meu lado de dentro, eu sou seu lado de fora!
Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

1 comentários:

  1. Interessante, porque analisamos casais que não aparentam afinidade alguma, muitas vezes a diferença está na forma como foram criados, mas as semelhanças realmente existem, apenas difere na maneira de demonstrar, seja o carinho, a determinação, o que for.
    Isso vale até para amizades, algumas pessoas são estimadas por todos, cheias de virtudes, mas algo não nos agrada. E percebemos que é recíproco.

    ResponderExcluir

Faça o seu comentário.