SERVENTE DE PEDREIRO PRESO EM BELÉM-PB ACUSADO DE ABUSAR SEXUALMENTE DE UMA MENOR


O servente de pedreiro, Helenildo Miranda Ancelmo Dantas, de 30 anos, residente em Rua Nova/Belém-PB, foi preso na manhã desta segunda-feira (24) quando voltava da casa  do  sogro na zona rural  de Belém, onde passou a noite  após efetuar fuga da  polícia na noite  anterior.
Na noite deste domingo  (23), Helenildo pegou a  menor  residente na Rua  José Carlos  Cruz, em Belém, e  a  levou  até  um parque de vaquejada  que fica há  cerca de 1km da cidade onde praticou  sexo com a vítima.
A vítima que tem apenas 15 anos de  idade   sofre  de  esquisofrenia  hebrefênica.
A conselheira tutelar, Claudenice disse que há mais de um ano vem levando a menor para   tratamento no CAPS  do município. “Seu caso é um dos piores. Há mais de um ano que estamos  acompanhando o  caso  dela.” Disse.
Helenildo foi preso  e na delegacia confessou  o  crime. Disse que estava bêbado  e não sabia que a menor  sofria de disturbios metais.  Na noite d o domingo, ao perceber que  a polícia  se aproximava o acusado efetuou fuga por um  beco onde  a viatura da polícia não  pode passar.
O Cabo Delmo, comandante da Guarnição, disse que passaram a madrugada em campana  e chegaram ao  acusado no momento em que ele tentava voltar para sua casa.
O homem foi levado para a delegacia para os procedimentos legais.
Helenildo foi enquadrado no Artigo 217 do Código Penal – Decreto-lei 2848/40


fonte: Portal Mídia
Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.