UM FILME PARA FAZER NOVAS PESSOAS

Leitores amorecos,

Fim de semana em cidade do interior deixa poucas alternativas de diversão e nada como um filme bom para arranjarmos  um grau de cultura, mesmo que  cercados de pipoca por todos os lados.
A dica do filme? Sociedade dos Poetas Mortos. Hummm... é um filme maravilhoso. Claro que eu sou suspeita para tal recomendação,por que tenho uma amizade de unhas e dentes com a poesia, mas podem acreditar que o filme não vai decepcionar vocês, pois ele não trata apenas dos grandes nomes da literatura inglesa , na verdade ele trata da nossa condição de sentir, ver, aceitar ou contestar as artes e as opiniões alheias. Da nossa vontade  de vivermos juntos , mas com os nossos  prazeres pessoais sendo respeitados. 
O cenário é  lindo, os atores são  maravilhosos e a  metodologia de um professor irreverente vai mexer com vocês .Dentro de uma instirtuição de ensino tradicional a soltura do pensamento vai fazer você ter um novo conceito sobre o quanto vale a pena permitir que as pessoas façam uso da vida, e o quanto  vale a pena permitir aos nossos jovens o direito de escolha.
Recomendo a todos...Até dou uma dica legal. Que tal as prefeituras  das cidades do interior ou as Câmaras Municipais  fazerem um cineminha para os cidadãos? Convidar pais , professores e alunos para assistirem a este filme e a tantos outros? Que tal  O Governo Jovem assistir a este filme?  
É importante  levar coragem e compreensão para as pessoas. É importante manter o respeito pelo talento, unir pais e filhos, renovar a ânimo dos professores, fazer as autoridades repensar nas carências da sociedade.
Preparem-se para chorar...Este filme tem um segredo emocionante.
Veja o trailler. E  não se preocupe com as letrinhas, saiba que já existe  a versão em portugués.
Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

1 comentários:

  1. Olá, amiga minha!

    Uma bela indicação fazes para os teus seguidores, de o filme SOCIEDADE DOS POETAS MORTOS; o assisti por mais de quatro vezes, na época do seu lançamento e, recemente também. Você realmente é suspeita inclusive pelo bom gosto também. Ósculos Filos! do seu M. C. Garcia

    ResponderExcluir

Faça o seu comentário.