PREFEITO DE DONA INÊS RECEBE AMEAÇA


Antônio Justino (PSB), prefeito do município de Dona Inês -PB ,declarou que desde a última sexta-feira (25/11) está recebendo ameaças por telefone .
O prefeito recebeu um telefonema de um homem que se identificou como Roberto e  se declarou como vendedor. Com a insistência do homem para apresentar um certo produto, o prefeito, mesmo não estando interessado em fazer compras, resolveu recebê-lo. E, para a  surpresa de Antônio Justino,  a mercadoria que Roberto foi lhe oferecer não era das mais comuns, tão pouco lícitas para as negociações  da administração pública :  cocaína.
O prefeito disse não ser usuário e falou que acionaria a polícia. Ao ouvir a decisão do prefeito, Roberto confessou o nome da pessoa que indicou o prefeito como comprador de drogas. 
Antônio Justino desconfia estar sendo vítima de alguma "mente brilhante" da oposição de Dona Inês.
O homem  não vendeu o produto, saiu do gabinete do prefeito e caiu na armadilha da polícia. Foi pego por policiais disfarçados, em Cachoeirinha, Tacima-PB. Ele se identificou como Roberto Carlos Pinheiro, 45 anos, residente na Rua Manoel Alves de Lima, em Solânea-PB. Confessou ser viciado ,mas negou ser traficante. Encontrado sem armas e sem drogas, o homem que já cumpriu pena por homicidio, logo depois do seu depoimento foi liberado pela policia.
O que sobrou dessa história nada tradiconal para uma cidade interiorana foram perguntas do tipo:

1- O prefeito não perguntou , quando ao telefone, que tipo de produto o homem queria vender?
2- Onde está a droga que o homem levou para oferecer ao prefeito e que a policia não encontrou ? Era cocaina mesmo ou um pouco de talco? Ele teria usado, jogado fora ou vendido para outra pessoa ?


Nesta segunda, 28/11 , o prefeito estará prestando depoimento,revelando o nome da pessoa que incentivou Roberto a ir "negociar" drogas em Dona Inês e, pior ainda, negociar com o chefe do executivo!

 Com a ajuda dos  detalhes que Justino tem para enriquecer as investigações policiais, possivelemente a policia chegará ao laboratório Einstein da tal " mente brilhante" que bolou tudo isto ou estará  descartando a participação de mais alguém nesse enredo. Pode ser que Roberto seja apenas um rapaz latino americano, com um pouco de dinheiro no bolso e  umas cheiradas de cocaina no quengo, e por isto mesmo acha que prefeito de interior é bichinho bem bestinha para  ser enganado, defamado e amaeaçado!






Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.