XÁEU FALAR

Dois amigos disseram-me que o fato da oposição criticar a situação só tem ajudado a situação a trabalhar melhor.  Amigos, eu não vou ficar aqui podando desgraças que estão acontecendo no tempo em que vivemos imaginando em  bolinhas de açúcar que possam aparecer para adoçar a vida de quem tem pretensões políticas.
 Ora há quem pense que se  a situação continuar praticando a falha isto venha a enobrecer a necessidade da troca de poderes e modelos administrativos.É verdade, mas haveremos de deixar sem críticas as coisas que estão dificultando  o bem estar das  pessoas? Elas não escolheram a política, escolheram os políticos, então quem está no poder tem mais é que trabalhar para o povo.
 A ambulância estava que parecia o satanás de tanto grude. Empoierada até os beiços...Bloguinho Olho de Mulher sapecou a crítica e a ambulãncia amanheceu que parecia carro de noivos...Um chuchuzinho de limpa, até os pneus da bichinha parece que receberam brilhantina, estavam pretinhos azulados "brilhentos". Faltou só um adesivo: Estou velha, mas sou limpinha.
E quem ganha com isso? O paciente que merece conforto, higiene, bons tratos.
As coisas para hoje serão criticadas sim...O que vem para palanque é coisa que não tem quem conserte, e não terá como desmentir que Sertãozinho precisa de um novo modelo de administração.
Beijinhos pau pau...
Bom Sabadaço para a galera de Sertãozinho. Simbóra para o churrasco da oposição? É hoje à tarde lá no sítio de Percinaldo.
Olho no Olho de Mulher, galera...Trarei fatos e fotos  do churrasco da confraternização oposicionista..
Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.