SEGUNDA-FEIRA VAI DAR MOÍDO NA RÁDIO RURAL



Amorecos, chegou bolinha de papel ...Dizendo sabe o que? Ai, esperem aí que eu vou abrir a bolinha...
Eitaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!
Segunda -feira a Rádio Rural vai estalar...Sintonizem aí os seus radinhos, ok?
Zé Roberto, repórter da Rádio Rural , foi citado pelo prefeito de Sertãozinho   como um repórter ameaçador...O prefeito disse ter sido ameaçado por Zé Roberto? Gente, isso é verdade mesmo ou estão jogando bolinha de papel com enfeite de intriga aqui no meu colo heim? Estou beeeeegeeeeeeeeeeeee! O prefeito  está com mania de perseguição é?!
Meninooooooooooooooooo, isso vai dar um estalado de microfone tão da gota serena quando o Zé pegar ar no ar !!!
Conheço Zé Roberto como um cara que vai buscar o assunto   na fonte, mas como ameaçador?!! Homem, conte outra!
Há alguns anos, o  INSS de Guarabira tentou botar papai para trás pela 4ª vez, por que não adiantava o coroa aqui de casa madrugar, pois  nunca pegava ficha...Daí que resolvi ir saber o que estava acontecendo. Não deu outra, mesmo saindo de casa às 4: 30, papai sobrou na curva da fila e não conseguiu ficha. Eu fiz aquele discurso e tal  e coisa sobre o direito do idoso, passei mel na fala, pedi na boa, falei que era a 4ª vez que papai estava ali e que o procedimento era rapidinho, era só para informar ao sistema o número da conta dele , a da Caixa Econômica, por que papi não queria mais receber o benefício no Bradesco...Não teve jeito: o cara do INSS irredutível e antipático, respondeu nã,nã,ni nã não, hoje não. Eu cismei do sangue quente, segurei a venta, não discuti nadica mais com o cara. Pedi para  papai  ficar sentadinho, por  que eu iria em um determinado lugar resolver essa coisa. Parti de mundo acima, e risquei os pés na Rádio Rural. Quando tratei o assunto para  uma moça que me recebeu, ela  perguntou-me se eu queria denunciar no ar, respondi que queria um repórter dos mais desenrolados que ela tivesse para ir ao INSS comigo, ver como os idosos são desrespeitados. E ela prontamente disse: -  Zé Roberto está quase chegando, aguarde por ele...
Pois é, ele chegou e quando tratei o assunto com ele,  foi ligeirinho demais para dar meia volta ,  entrar no fiat e ir  ao novo batente da investigação...Quando o Zé entrou no INSS e falou com o cara não recebeu atenção, mas exigiu falar com o chefe do INSS...Mas meninooooooooooooo, o chefe recebeu o Zé. Papai nunca foi tão bem tratado no INSS quanto dessa vez, levado para a sala interna. Rapidinho o chefe chamou uma moça e juro que em menos de dois minutos o sitema foi aberto e recebeu o número da conta bancária  que o meu pai precisava apresentar ao INSS.
Zé Roberto talvez não lembre que  viveu  isso ao meu lado e ao lado do meu pai, mas  somos muito gratos à atenção que ele , em nome da Rádio Rural,  deu à nossa causa. Aqui fica registrada a competência desse profissional, dando ênfase ao  interese que ele tem pela notícia rebuscada, ouvindo as partes envolvidas,  e a seriedade com a qual ele faz a sua trajetória no rádio. Desconheço que ele seja ameaçador...Vamos esperar a resposta do Zé Roberto, por que tenho certeza que ela vem.



Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.