VIRADA DE ANO ABENÇOADA

Olá Amorecos,

Como foi a virada de vocês? Ufaaa! A minha foi ótima. Sempre rompo o ano novo com os meus velhinhos. A alegria de abraçar os meus pais é de inteira gratidão a Deus. Nossa! Comecei dançando na calçada com os meus vizinhos.. Tomamos umas cervejas (não tenho costume, mas fim de ano é fim de ano ,né?) e batemos umas pezadas de forró, e tal e coisa ...Como eu já estava com combustível no quengo...comecei a lembrar de gente que estava longe de mim, mas isto se deu depois da tal champanhe...Afff Maria.Aí lembrei de um monte de gente. Dos meus irmãos que moram em São Paulo, dos meus irmãos que moram no Rio, dos amigos que moram em Sertãozinho...Aí bateu vontade de ir para Sertãozinho...Fiquei querendo ir , mas não poderia ir...Festa em Rua Nova com a Banda Cascavel e Sergio soltinho  lá? Rarrai que eu saio do pé dele. Pois é, decidi ficar em Belém mesmo...Assim que desse as tais duas da manhã eu desceria pra Rua Nova, só pra  ver em qual onda  que Sergio estava surfando.Eu desejo tanto que esse menino arrume logo uma diacha que domine ele...Não sei das festas que fui só pra ver como ele está e por quê ?! Por que só uma namorada pode dar stop em Sergio...Mas ele não quer apenas uma, né?!
Esperando a hora de ir para Rua Nova...Comecei a lembrar de gente que bate bumbumprugurundum no meu coração, e a peste do carro de Samuel só tocando música de cornélia axaponada, e a cerveja misturada com champanhe rodando meu juizo numa VELOCIDADEEEEEEEEEEE danada.Pensando nele, pensando nele, pensando nele... Vendo a hora eu dar telefonema de declaração de I Love You. Ó só o perigo da molestia, eu descer o coração para ele...Pense num sufoco lutar contra a emoção com a bebida dizendo Faz, Edilene, faz declaração faz...Ô agoniaaaaa....Agora eu confio em declaração de gente que bebe cerveja.kkkkkkkkkk A demônia da cerveja manda você falar coisas que estão caladas.
Pra que pensar nele?! Poxa, tomar da que chora é de lascar , ia cair a tinta todinha que eu passei nos olhos..Peraí, reação, reação...Sair de perto das músicas de Samuel era a solução, pensei com meus miolos boladinhos  de cerveja,  então levantei e fui casa a casa dos meus ,  abraçar a parentada toda. Acabei achando jantar super especial na casa do filhote mais velho...Não quis jantar. Passei a mão no prato e pá pá pá pá...Enchi o bichinho todinho. É que eu tinha que chegar lá em Tio João fazendo super  presença...Faz tempo que fui lá...Cheguei com o prato bonitão prá ele. Oxent, deu certo: o coroa nem brigou por eu estar sumida. Bati maior papo com ele e tal e tal..Olhei para o relógio...SERGIO. Meu Deus e Caca´?!!!! Subi . Achei logo Cacá em Belém mesmo, ele beijou mainha e disse que ia comprar batatinha e descer..Óia a diferença do filho evangélico: Se embriaga com batatinha frita. Sergio que não é evangélico  bebe uma cerveja lá uma vez ou outra, mas quem disse que eu não fico preocupada? É que festa em Belém tem seus perigos e ontem estava anunciada desde cedo uma confusão com os caras da turma os Presepeiros ( uma das galeras de Belém que curte festas usando abadá) . Sergio é da turma dos Cara de Pau...Mas , minha cabeça fica a mil...Eu disse desde cedo.Não saia com o abadá dos Cara de pau, porque se confundirem com o abadá dos Presepeiros, tu vai tomar cacete no lombo, menino!
Cacá descendo, eu fui procurar Israel ( que é o mesmo Sergio). Raé não , por que ele fica bravo.
Fui pra Rua Nova. Ô festa fracaaaaaaaaaaaaaaa...Gente tinha até demais, mas quem disse que dava para ouvir o som da banda se a pessoa não entrasse lá dentro do miolo da muvuca? Como com aquele monte de paredão com os quais  os caras cercaram a entrada da festa? Pense num povo bestado, vai pra festa ouvir a música que tem em casa! Só sendo em Belém, viu?!... Enchem a festa com os paredões aí fica aquele duelo danado de som misturado.
 Ops! Entrei na muvuca para achar a minha cria...Olhando, olhando, atravessando a multidão da festa, olhando ..Ahhhhhhhh, Achei Sergio. Tão lindo, veio logo beijar mainha...E adivinha? Não estava gostando da festa.  Voltou cedinho pra casa.
Deus, obrigada por me dar a alegria de ver os meus filhos dormindo em paz, guardados dos perigos. Prá mim isto sim é uma entrada feliz...
Ah, ia esquecendo de contar prá vocês.Depois que cheguei em casa, entrei no bate papo uol , e arrumei amizade com um menino que trabalha em Alagoinha. Ficamos até as 4 e 30 batendo o maior papo. Foi legal...Mas adivinha? Eu dormi e nem dei tchau para o rapaz...Jesussssssssss.
Hoje eu passei o dia dormindo, gente. Acordei à tarde e lembrei do Blog. Troquei a roupinha dele, por que este ano quero olhar um mundo azul.
Feliz Ano novo para vocês! Xerinho da bloguenta .
Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.