NOVAS DESCOBERTAS DO VEREADOR VANDO CARDOSO PODERÃO FRUSTRAR AS POSES DE MUITA GENTE


 Amigos,



   A brasa  é quente e o amendoim vai ser torrado...
Hoje o vereador Vando Cardoso cansado de ter o seu nome lançado como apontador dos nomes que elencam os cargos do estado, no município de Sertãozinho, esteve na 2ª Regional de Ensino buscando informações sobre quem faz parte do quadro, por que ele nem sonhava quantos estão na folha,e principalmente se estão ou  não estão no batente...E o vereador  voltou de lá mais bege que algodão doce depois que leva chuva...
A queixa vai se generalizar e levará o vereador a se reunir com os cabeças do DEM, pois , segundo ele enquanto pais e mães de família deram o maior duro na balançada da bandeira da oposição, a fim de descolar um emprego, os cargos eram poucos e não tinham como abranger a todos, mas haveria de se fazer mais justiça a favor dos mais necessitados,principalmente os cargos que não exigem especialização e nível de escolaridade avançado. Quem lucrou com os cargos específicos foram  algumas pessoas que realmente têm competência e estão no batente...porém, a revolta do vereador se dá quando o acusam de "indicador dos nomes" e segundo ele tem pagado pelo erro ambicioso de quem realmente aponta os nomes . Agora ele está mais chateado, por descobrir que tem gente  que nunca abriu o portão, mas está elencado como porteiro.Pergunta que eu deixo aqui no ar. Seria justo, bonito, ético, moral, valorativo para Sertãozinho um vice-prefeito que é porteiro na folha de pagamento, mas não o é na portão do colégio? Que Jorge dê essa resposta ao povo, por que  Vando Cardoso afirma não ser responsável pelo  nome de Micael no engano duplo, este nome  que está no estado sem que  o povo  soubesse e que engana  Ricardo Coutinho no poder, o governador da ética  férrea que só valoriza o trabalho pago a quem realmente derrama o suor do rosto.
É por esta e outras razões que o vereador salienta " tem gente que perde as eleições, mas nunca tira o nome da política. pois com derrota e tudo, ainda lucra em cima do voto dos inocentes e mais humildes."
E o vereador voltava de Guarabira  sem cansar de falar sobre  a decepção :
"Enquanto isso...Nada de emprego para Adriano, nada de emprego para Severino (aquele tal que fica sendo zombado coitado, com apelido  de negócio de burro) ...Nada de emprego para pessoas que foram perseguidas pelo poder municipal, nada para os pais e mães de família que sonham com a dignidade, nada para os jovens que não se envergonhariam de abir o portão"- Completou Vando, em um desabafo que não se sabe quando ele calará.
Se eu fiz a pergunta que o povo faria? Fiz sim. Vocês sabem que eu faço mesmo!
-Vando e a sua esposa tem ou não um emprego no estado?
Ele respondeu:
-Tem,  mas ela além de ter competência, assim como outros profissionais que realmente prestam serviço ao estado, comparece ao trabalho e não está fraudando o estado.
Eu vi a lista. O fato é verdadeiro e o povo, patrão de todos que estão envolvidos com o  dinheiro público,  tem o direito de saber.
Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.