VAMOS DAR VALORES IGUAIS A QUEM TEM RAZÃO E ESPAÇO A QUEM TEM DIREITO


Queridos e Queridas,

Babar nunca foi a minha onda, até por que  meu sobrenome não é quiabo. Como dizia um amigo meu, Amaral que é  Amaral  mata a cobra e mostra o pau, por isto, é meu dever esclarecer a todos que a diretora Marinalva  abordou-me ontem no centro da cidade de Sertãozinho,  tratou sobre o assunto da postagem que fiz em relação às novas descobertas do vereador Vando Cardoso, mas  em momento algum maltratou a minha pessoa , como algumas pessoas andam espalhando na cidade. A vontade de muitos que alguma mulher se atreva a tanto deve ficar no congelador, por que  eu e Delícia (apelido carinhoso usado por todos que gostam de Nalva e assim brincam com ela)  não estávamos prestes a agarrarmos os cabelos uma da outra , nem eu estava cantando Delicia Delicia   assim você me mata. Deixando os maldizentes calados e as   brincadeiras à parte, vamos ao que interessa...
Bem, a diretora disse ter se sentido afetada pela postagem, no tocante ao conteúdo, por assumir e se responsabilizar pela indicação do seu sobrinho ao cargo de porteiro e, segundo ela disse de boca e mostrou em documentos,  o rapaz foi indicado na penúltima quinta-feira, por este motivo ele ainda não recebe salário do estado. Afirmou também que ele tem direito a um emprego, e que ela o escolheu por que precisava de alguém com quem ela tivesse mais afinidade, pois em alguns serviços extras, como por exemplo o retelhamento da escola, a limpeza de objetos elevados,  algumas pessoas, se fossem escolhidaas diriam que a função de porteiro não se estenderia a tantos outras áreas, e isto geraria gastos com os  autônomos.
O que tenho para dizer, amados , é que o documento que vi, nas mãos do vereador Vando Cardoso, não explicitava data de contratação, mas em seu elenco estavam números que creio são as matrículas, os nomes e os cargos das pessoas. Por se   tratar de documentação do banco de informações estaduais,  qualquer leigo há de convir que nenhum outro leigo( que neste caso sou eu) entenderia que existe um pré-ensaio de quem vai ou não vai servir ao estado nos próximos dias( neste caso Micael), uma vez que no mesmo elenco estão os nomes de pessoas que já trabalham na referida instituição de ensino dirigida pela pessoa de Marinalva.
Outro ponto que peço a atenção minuciosa dos meus leitores é que em momento algum referi-me ao nome da diretora, mas à observação do vereador Vando Cardoso, por ele  estar tentando provar aos que lhe acusam ou se dizem decepcionados com ele que não é verdade que ele  é o  indicador majoritário  que consegue emprego para uns e para  outros não. Observem que a minha postagem foi  dierecionada aos agentes políticos,suas posturas, doçuras e dissabores,  e não aos agentes administrativos, e levei a pergunta ao ar, deixando-a  para Jorge. Lembrando aqui, amados e amadas, que a administração pública é organizada por  três tipos de agentes : agentes políticos,agentes administrativos e agentes honorários. Só uma fuga ao tema, por amor ao ensinamento: Na esfera dos agentes políticos estão os que são votados pelo povo, portanto, não só os políticos fazem parte deste grupo, mas os conselheiros tutelares também são denominados agentes políticos (segurem esta informação, pois não é nada dificil que ela apareça nos concursos públicos).
Ok, ok, ok...Voltando ao encontro que tive com Marinalva:
Em determinado ponto da conversa entre  Marinalva e eu, ela chegou a dizer que por trás das intenções de Vando ele usa uma grande mulher, para que lhe preste favores das postagens ou desabafos que gerem maus lençóis para as pessoas . Agradeço ao carinhoso elogio da diretora, mas não seria eu digna do adjetivo grande mulher se  o vereador Vando ou qualquer outra pessoa detivesse algum  poder que fizesse uso da minha postura ou da minha escrita para objetivos particulares e pessoais. Grandes mulheres são da sociedade e para a sociedade. Daí o fato de eu estar aqui, dando à Marinalva  o seu devido valor e  espaço para o seu esclarecimento, e salientando que o vereador Vando Cardoso não tenta separar-me como pessoa exclusiva  do seu grupo,muito menos pessoa do seu domínio ideológico.  Na verdade ele chegou a dizer-me dia desses que eu sou uma das pessoas do grupo em que estamos que mais tem recebido o carinho e o espaço dos amigos da oposição em geral. Da minha parte asseguro com toda humildade que existem grandes mulheres que me superam como mães, filhas, servidoras,escritoras e políticas e que tenho feito o possível para copiar o melhor exemplo de cada uma delas, mas evito aprender o que não me serve e o que não admiro. O que não quero é que por interesse político pensem ou desejem eu calar a verdade  ou jogar para debaixo do tapete o que aparece aos meus olhos. E bem disse um certo amigo  de trabalho. " Quem é de esquerda é de esquerda...ainda que você faça parte da situação, se for o caso do prefeito eleito ser o homem do seu grupo, tenho certeza que nos erros gritantes dele, você se tornará oposição."
Não quero deixar de ver o erro e dizer ao povo sobre o erro sendo feito por , Jorge, Vando,Antônio Ribeiro, Geraldo Vieira, Rony, Márcia, Patrício,  ou quem mais está hoje no poder ou  possa chegar a ele.    Apesar de todo respeito  que tenho por vocês, tenho que mostrar ao povo que  a indicação de parentes, praticada por qualquer um de vocês, em grande ou pequena quantidade, por qualquer motivo que creiam ser justificativa correta, é protecionismo político, amor ao sangue ,e também é NEPOTISMO. Prática que nem sempre será amaciada pela eficiência tão pouco  pela eficácia, para ser vista como  melhor opção, pois  sempre vai deixar do lado de fora pessoas não políticas e não parentes, e que precisam sobreviver com dignidade  . Pessoas  que  olham para vocês como única esperança .
 Falo com todo o meu coração, por que já passei por isso...Só Deus sabe o quanto dói no coração de um pai ou de uma mãe não saber de onde vai aparecer a próxima feira, o dinheiro para pagar a água, a energia...E quer ver dor maior? É quando mais quatro anos se passam e nada melhora para os que sempre estiveram na camada dos esquecidos.
Amigos, tanto Marinalva quanto Vando têm documentos em mãos para esclarecerem melhor a todos sobre as minhas postagens,portanto, este blog continua direcionado à democracia, a favor da verdade e traçando o víés da  credibilidade.
Meu carinho a todos, abraços aos que me amam, bênçãos aos que me odeiam, por que é assim que Deus quer que eu deseje. É amando que eu sigo, e dizendo a verdade que eu realmente me sinto viva e em paz.
Passei pelo esquecimento dos homens, e até pelo abandono daquela que me pariu,portanto meu Amaral não vem do sangue, mas da adoção, fato pelo qual me faz ainda mais fiel a matar a cobra e mostrar o pau. Em alguns momentos fui pisada pelos homens, por poderosos, por gente que    amei, pensei que Deus também tinha ido embora da minha vida quando fui maltratada pelos corpos terrenos, mas descobri que Ele sempre volta... ( cliquem na tarja amarela e leiam  Isaías 49:15)
Creiam em um tempo melhor, amados esquecidos. Dirijam seus pensamentos a Deus , homens e mulheres da vida pública. Dirijam-se  à ética, sejam complacentes ,mas justos . Sejam políticos do bem...Tem um povo carente olhando para o céu, acreditanto em Deus e esperando a boa vondade de  vocês.


Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.