BETÂNIA BARROS CONCEDE ENTREVISTA À RÁDIO RURAL E SE DIZ PRÉ-CANDIDATA A PREFEITA DE BELÉM


Hoje pela manhã a vereadora do município de Belém, Betânia Barros-PCdoB- foi entrevistada por Dgenilson Silva, da Rádio Rural de Guarabira.
Betânia colocou o seu nome como pré-candidata a disputar o cargo do poder executivo do município de Belém, nas eleições 2012. Com um discurso que deixava clara a intenção de conquistar o apoio do prefeito Roberto Flávio, e salientando ter sua candidatura aclamada pelo povo de Belém, a vereadora  deixou um ar duvidoso quanto a levar à frente a  sua "determinação" como possível candidata, uma vez que foi contundente na redundância de afeto ao vermelho do grupo flaviano, fazendo com que, em primeira colocação, qualquer leigo percebesse que se Roberto apoiar a sua candidatura tudo bem... Caso contrário, fosse qual fosse a decisão do prefeito Roberto Flávio, ela  acatará com fidelidade, estará vestida de vermelho nas serras,palanques e afins do veterano itinerário político do vermelho de Belém..
Durante a sua entrevista a vereadora disse que existe um acordo entre ela e Dr.Wellington , seu cunhado e ex-prefeito de Belém, no tocante a um apoiar o outro depois que se decidirem por quem é o candidato da família Xavier. Esta declaração amortece a primeira,  e realmente não é para qualquer leigo , mas o Olho de Mulher também tem ouvidos e vai cortar a alcatra com a machadinha do próprio PCdoB. Vamos à dissecção: Ora, se já existe um acordo entre Betânia e Wellington, este dependeria das decisões de Roberto e seria afrouxado para apoiar outro nome que não fosse um Xavier? PCdoB e DEM correriam do sonho por qual motivo se formam união às claras  e com número significante de simpatizantes e correligionários?
Sou fã da vereadora Betânia, por conhecer o seu trabalho desde os tempos do Conselho Tutelar, e também por reconhecer a sua capacidade de atuação, mas acredito que a cautela dela ,no tocante a conseguir o apoio de Roberto Flávio , muito melosa quanto aos elogios, pode arrefecer  a  postura tão bem calibrada que ela detém como conhecida guerreira do PCdoB. Betânia tem que saber  fazer uso da importância do seu nome nas eleições de Belém, e muito mais ainda da independência política que o PCdoB lhe concede para que  coloque sim o seu nome para a escolha popular .Se  Roberto não quiser apoiar a vereadora, certamente não fará nada para diminui-la como candidata e ,se por motivo de apoiar outro candidato , ele  tentar fazer algo para diminuí-la como pessoa ,qual é o besta que não vai saber que não passa de politicagem contra quem esteve nos melhores manjares da casa dele, com fidelidade  e muita contribuição  para com a sua administração do atual prefeito?
Como ela mesma disse " O povo quando quer é mais forte que o dinheiro", fazendo alusão às histórias de servidores públicos que encararam eleições contra prefeitos e venceram a máquina pública, esta foi a frase principal da vereadora. Está na hora de outra vez testarem Belém sem dinheiro no bolso.Saia da caverna ,Betânia, teste Belém apenas com o seu nome e os seus valores...Hidalberto quase conseguiu!
Durante a entrevista da vereadora Betânia Barros, várias pessoas de Belém telefonaram, elogiando o trabalho dela e salientando antecipadamente o  apoio à sua candidatura .
Lembrando  que nem só de vermelho Belém marcha, e que dia desses foi que o vermelho conseguiu chegar ao poder, depois de um chameguinho danado de bom com o PTB da primeiro mandato de Roberto, quero deixar aqui a realildade que muitas vezes o Flamengo joga trajando  camisa branca e nem por isto deixa de ser reconhecido. A dica preciosa, em concordância visual com o Flamengo, é que  o PCdoB seria perfeitamente reconhecido se adotar o amarelo do seu símbolo e apresentar o nome da sua nobre vereadora como candidata a prefeita!

Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.