PROMOTOR DE JUSTIÇA É ACUSADO DE ABUSO SEXUAL NA PARAÍBA


O Tribunal de Justiça da Paraíba recebeu durante sessão do Pleno, na quarta-feira (14), denúncia contra o promotor de justiça Carlos Guilherme Santos Machado, pela suposta prática de abuso sexual. De acordo com a denúncia, o crime ocorreu na cidade de Cajazeiras, Sertão da Paraíba, em abril de 2009. A proposição foi feita pelo Ministério Público, por meio do procurador-geral de Justiça, Oswaldo Trigueiro. A relatoria foi do desembargador Arnóbio Alves Teodósio e a denúncia foi aceita por maioria.
De acordo com o voto do relator, no processo existem elementos suficientes que apontam para fortes indícios da materialidade do crime, sendo necessário, portanto, o aprofundamento das investigações. “Só se rejeita a denúncia por falta de justa causa quando a inicial não for embasada em prova da materialidade ou indício de autoria”, explicou o desembargador Arnóbio Alves. O entendimento do relator do processo prevaleceu na Corte.

Segundo informações do MP, o promotor está afastado do cargo desde a época da denúncia. Ele atuava na cidade de Cajazeiras, onde crime teria ocorrido. O G1 tentou falar com Carlos Guilherme, mas as ligações não foram atendidas.




Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.