QUESTÕES DE ATUALIDADES EM CONCURSO DO PARANÁ GERAM POLÊMICA POR TEREM ABORDADO PERSONAGENS DA GLOBO



Eu não achei nada de incoerente nos assuntos das questões do concurso da prefeitura de Cambé, município do Paraná ,questões que estão levantando o vapor da polêmica. O que percebo é que a  Fundação  de Apoio à Educação, Pesquisa  e Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNTEF), ligada à Universidade Tecnológica Federal do Paraná UTFPR) , responsável pelo concurso  realizado no dia 25/03 , ao lançar determinados assuntos para a prova do cargo de gari tentou analisar a aptidão dos candidatos  de acordo com a realidade deles ( todo linguista sabe que  a situação é que fará a escolha do gênero ,e que o gênero tem tudo a ver com o público alvo), abordando personagens que ficaram famosas, e viraram uma espécie de  "parentes" do senso comum.
Ao escolher certas questões não significa que a Fundação fugiu da seriedade de um processo destinado ao provimento de cargos , pois , o que há de seriedade em analisarmos as pessoas com  assuntos que são distantes da realidade delas  e que mesmo assim  são requisitados nos concursos? Pior é quando  os candidatos são obrigados a decorar um monte de picuinhas  podres de ricas e podres de chiques , podres de diferentes da vida como ela é ,se comparadas à rotina da massa assalariada. Assuntos  que não terão aplicabilidade alguma nos cargos concorridos!
 Valéria foi parar na prova e deu polêmica? Ah! Mas ela é assim mesmo...Ela entra em todas, sem pedir licença.Valéria é a típica brasileira que está indo para o trabalho e conversando bobagem durante a viagem de trem, porque Valéria, como tantas outras mulheres cansadas de saber sobre os escândalos da política, a máfia no futebol, a insegurança nas ruas, a precariedade do sistema de saúde, não acredita mais  que o seu desabafo de andorinha  resolva a desgraceira instalada. Ela quer fugir da realidade, quer mais é aproveitar o dia que ela mesma pode fazer ser melhor, zuar com a amiga,se achar  formadora de estilo e nada mais. Ai! como ela é bandida! Porque, ao lavar as mãos com o que os ladrões aprontam, eles deitam, rolam, dormem tranquilos e acordam para roubar mais e mais.
Olhando pelo viés da realidade, muito  mais bandida que a Valéria  é quem não se toca que fez Valéria não querer gastar o seu tempo e a sua beleza com assuntos "chatos", não deu oportunidade para Valéria estar em um emprego que paga melhor, e não fez nada para ela ser famosa e  aceita em uma prova de concurso Então? Valéria está sendo feliz  do jeito dela, no mundo dela , pagando as próprias contas? Ela é diferente das pessoas frias, é  a companheira que zomba  da uma amiga desajeitada , mas  não é falsa, pois,defende Janete quando algum  engraçadinho se mete a besta . Janete por sua vez,  com carinha de boba, é quem surpreende ao dialogar em  inglês fluente ( lição para os que pensam que não há capacitados rolando nos becos da  miséria) . Para Valéria e Janete o que  vale é  a lei de donas do pedaço:  Os incomodados que se mudem!

Criticar  a pergunta sobre qual atriz interpretou a Grizelda da novela Fina Estampa? Gente, a questão foi super bem bolada para atualidade sim, porém foi moldada para um público de pessoas que precisam de um tema bom , mas com o  gênero menos complexo. Grizelda se transformou em ícone de identidade da mulher brasileira. E qual é o atual perfil da moderna  mulher brasileira?  Mulher que trabalha fora, que enfrenta o batente, que sabe consertar torneiras, que muitas vezes é desvalorizada pelo companheiro , que se dedica a educar os filhos com amor e muitas vezes é motivo de vergonha , porque deixa de comprar uma roupa melhor para si e compra algo bom para o filho . Mãe dedicada , mas que não deixa de falar as verdades que o filho precisa ouvir  para a lapidação do caráter dele. Griselda faz parte de um elenco de mulheres que não cruzaram os braços depois que a família estava pronta e no  seu colo. Como ela não merece estar em uma prova que dará empregos aos brasileiros que são tão batalhadores quanto ela?
A lingua portuguesa não é  apenas para produzir  a literatura clássica, tão pouco para citar apenas os nomes reais, tomando-se como princípio a veracidade dos fatos, pois,  muitas pessoas da vida real , por  vezes  levam suas vidas ficticias, ensaiadas pelas regras. A função principal da linguagem é unir as pessoas através do entendimento da mensagem. Para que  elas tenham condição de caminhada social e com  vontade de interagir. É isto o que faz Valéria, Grizelda e tantas outras personagens em seus discursos...Elas juntam seus grupos de iguais.  É  melhor o povo juntinho para ouvir Valéria e para aplaudir a vida íntegra de Griselda que  ao pé do palanque ouvindo político que fala um português requintado, mas  tão mentiroso! Naquele velho estilo que permite ao seu emissor brincar de  ser sériom,  escondendo o Raio X da sua vida corrupta, fazendo ele  parecer portador da moral.
Atualizem-se em  analisar as questões...O erro não está na Fundação, está em quem acha que as pessoas  mais humildes têm dinheiro sobrando para desligar a TV e ir passar uns dias no Caribe, entendendo direitinho o que é Paraíso Fiscal.
Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.