O angu da ambição pela vaga de Leitão já tem caroço

A posse do suplente Djanilson da Fonseca (PPS) para assumir a vaga do vereador cassado, Felipe Leitão (PRP), poderá sofrer morosidade ou não acontecer, pois, o PMDB entrou no cenário, e veio  com gosto de trincheira.  Ontem (18)  O PMDB  foi representado no  TRE da Paraíba pelos  advogados Rogério Varela e Lincoln Mendes que instrumentaram juridicamente o interesse do partido com embargos declaratórios, certamente no sentido do direito a  transparecer uma ambiguidade que o  agravo de Leitão perpetuou para todos da coligação  à qual o seu partido  fez  parte nas eleições 2008 .
Trocando em miúdos: Os embargos declaratórios condicionam uma apelação para ESCLARECER dúvidas,ambiguidade ou uma omissão. Com esta consciência de que "uma laranja podre pode apodrecer as outras", o  que os advogados do PMDB tentam fazer é correr de acordo com a  persuasão do seguinte silogismo " Se os votos de Leitão não são votos válidos ,por terem sido comprados, logo não podem ter assegurado a vaga de suplente para Djanilson da Fonseca ou qualquer outro da coligação ."  Então o que quer o PMDB? A recontagem dos votos para que  o ex-vererador  João Almeida  seja o beneficiado.
Se por um lado parece fácil para o PMDB , por outro lado não parece tão fácil assim, pois,  Djanilson da Fonseca com certeza apresentará defesa caso seja necessário. Ora, uma  vez que não é ele o acusado por comprar votos , não  pode ser punido pelos erros de Felipe.
Quem está de olho na vaga  é  o ex-vereador João Almeida- PMDB. Além de João Almeida, o  Marcel Dantas do PRP é quem tem direito à  vaga, pois , segundo o entendimento do PRP,ele foi o único que se manteve fiel ao partido, enquanto que os outros suplentes não se mantiveram nos partidos pelos quais concorreram nas eleições 2008.Acabou a novela?Não. Outra novidade: Marcos Jaburu, por estar no PSD ( novo partido ) pode ter sua grande chance de assumir a vaga de Leitão.
Mas,quem resolverá tudo isto será o TRE e ,por enquanto,  Djanilson é quem está quase dentro da câmara municipal de João Pessoa.

Edilene Amaral/  RV noticias.com






Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.