A CPI do Cachoeira faz guerra política, dá show de linguística e deixa Sergio Cabral feliz


 Gente, como todo mal traz o bem...Vamos aproveitar só o que presta dessa tal de CPI do Cachoeira.
Hoje tive a oportunidade de almoçar curtindo a exibição ao vivo da CPI do Cachoeira. Um verdadeiro calvário técnico- politiqueiro envolve os trabalhos desta comissão e, se o parlamentar for fraco em relação aos artigos do  regimento interno, entra mudo e sai calado. 
Meninooooooooooo, a coisa que mais provoca barulho em uma CPI é uma frase que os deputados e senadores adoram usar,uma tal de   PELA ORDEM .Meninoooooooooo, quando a caixa de maribondos se alvoroça, quando todos querem falar...Nunca vi coisa mais incoerente: PELA ORDEM, se mal usada, vira DESORDEM. E haja paciência de quem preside a CPI e de quem está em casa...É zuada em banda de gravatas para todo lado:Pela ordem , senhor presidente! Pela ordem, senhor presidente!...
CPI ? Assisto bem pouco...Fico com os mesmos sintomas de quando assisto aos jogos do Brasil. Falo demais com os caras que fazem besteira. Sou perfeitamente normal ,mas dependendo da minha emoção, falo com a "TV", sabe?...Quando tem parlamentar se amostrando demais, usando o PELA ORDEM só para lustrar a cara e o nome na mídia, eu falo: Ô pateta, isto não é PELA ORDEM, cale a boca! E fico chamando o presidente da CPI, como coisa que ele consegue ouvir minha voz ou precise dela: Psiu! O senhor não está ouvindo? Esse mala está tirando onda demais. Corte o bestado aí, corte!

Hoje não foi PELA ORDEM que mais encheu a minha paciência. Achei feio demais um deputado falando PROTOCOLIZEI...Ixiiiiiii!  Se a cabeça de qualquer futura pérola do ENEM guardar  uma coisa dessa vai protocolidir na redação bem ligeirinho.  Podem ser usadas as duas   formas "verbais", tanto protocolar quanto protocolizar, mas cá para nós,é bem mais chique seguir o rumo do protocolo e preferir a conjugação PROTOCOLEI.  
Mas meninooooooooooooo,hoje também  deu coisa de  moído  bonito na CPI .Vocês precisavam ouvir a defesa de um deputado ( estou com preguiça de ir procurar o nome dele no google. Problema dele se não é famoso o suficiente!) que bateu firme com a frase "Não podemos cometer ilegalidades,quebrarmos o sigilo quando não há necessidade...Violarmos o direito dos governadores é ilegal"...
Ah! Se fosse com gente nossa   uma desgraça dessa  de suspeição amigável com o Carlinhos. O espírito Palocci se manifestaria no corpo de alguns e  rapidinho seríamos do time do caseiro Francenildo.  Quebrariam até as nossas casinhas,nossos asilos invioláveis, para descobrirem se havia papel escondido no emboço, nome do Cachoeira debaixo dos nossos colchões, qualquer código de  conduta ilegal e imoral que nos ligasse ao contraventor...quanto mais nossos sigilos bancários e telefônicos.
Como é que não há necessidade de sabermos mais ? Como  o cara liga para um contraventor desejando  feliz aniversário se não tem estima, intimidade , amizade com o cara? Contem outra que eu pago o lanche!
Aí ," mermão e  mirmã" da sociedade paraibana, duro de aguentar mesmo  é ver e ouvir  Cássio Cunha Lima, que eu amo de paixão, mas se não concordar com sua postura critico também, defendendo o governador de Goiás,  porque o cara é do PSDB. E nós com isso? Por acaso nós somos obrigados a acreditar em silêncio? Qual é meu! O PSDB por acaso é garantia de limpeza, boniteza e honra? Cássio não  tem nada que ser advogado de quem tem furos a explicar, porque na  hora que ele precisa quem o coloca em qualquer lugar somos nós, e não os seus amiguinhos ricos do PSDB! Queremos a verdade, muito embora sabemos que ela nunca chega pela boca de certas pessoas. Deixem  o macho Perillo falar.Ele disse que quer ir à CPI..Vá,Perillinho, vá...Conte a verdade toda que eu duvido, conte!
  Como não há necessidade  do Sergio Cabral dar as caras na CPI se ele  é amigão do homem da  DELTA? Oxent...Estão passando manteiga em venta de gato é? Como não haveria necessidade de o Agnelo ser convocado se o  Cachoeira está no ápice de uma licitação milionária  do governo do  DF?
Sabe no que  foi que deu? A CPI é um palco de guerra de Governo contra a oposição. Goiás e DF entraram dentro do rolo grosso.Isto é guerra de partidos, gente!  Tem nada de dar satisfação à sociedade não...O que querem mesmo é manter seus partidos bem longe do escândalo! Cada um punindo  os seus aliados.
O  PMDB ( Sergio Cabral) está fora do ferro quente.Como assim? O governador de Goiás é do PSDB, o governador do DF é PT...Eles estarão na CPI . Sergio Cabral  pode comprar outra passagem para ir luxar nas ruas e nos restaurantes  da França, porque escapou de sentar o  seu rabito na CPI,  e deve ser porque  o bichinho arrumou hemorrídas andando de bicicleta ou por que "não tem amigos bondosos" de ambos os lados.
Tá vendo? Tem coração que aguente tanta maracutaia?  CPI  na TV  ainda mata essa pobre coitada...Eu fico irada com a dissimulação dessa raça que cobra ética , mas bota panos quentes encima das perebas dos seus. Quem te viu quem te vê, Dinossauro do Vozeirão...Até tu , Brutus? Até o líder do PSDB fala bem mansinho quando são os seus que estão na mira.
A coisa é mais ou menos assim, amores:


Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.