O pré- candidato Patricio concedeu entrevista à Rádio Constelação FM

Na noite de hoje(29), o pré-candidato  a prefeito de Sertãozinho,Patricio(PSB), participou de uma entrevista na Rádio Constelação FM, de Guarabira . Ele estava em companhia de várias pessoas do seu grupo que também colocaram suas opiniões  no rádio.
Durante a entrevista ficou confirmado por todos  que a chapa Patricio e Elói estará concorrendo às eleições 2012.
Em alguns momentos da entrevista o pré-candidato  mostrou-se desvencilhado do preparo discursivo, coisa que infelizmente poderá ser interpretada como despreparo administrativo. Com respostas que não correspondiam à sede dos seus interrogadores, tão pouco à expectativa popular, Patricio fugiu do foco  e deixou muita gente boiando. Talvez por ser um novato no campo das entrevistas políticas, talvez por nervosismo, emoção ou ainda tentando cumprir uma fala  que lhe foi aconselhada.Não se sabe ao certo.
O grupo estava concentrado a iniciar o ponta pé  no campo minado dos ataques e ,como era de se esperar, centralizou duras críticas ao pré-candidato Geraldo Vieira (PSD), como se este fosse o gestor que está atuando, a quem a oposição realmente deve aferir análise competente, com sua visão crítica e  combatente, fazendo dessas críticas a mensagem da boa fiscalização e, consecutivamente, o perfil de um projeto de governo que tenta chegar ao poder.
 Creio que focar o ataque a Geraldo tenha sido uma maneira de demonstrar que este é o nome que agiganta a  concorrência  e, por isto,  se torna desafeto de todos que desejam vencê-lo.
A vereadora Frascinete  mandou um recado irônico para a galera que estava na casa de Ramos, mais especificamente para os " seus amigos" Vando e Josenildo. Ramos, por ser o dono da casa citada,  tomou as dores  e telefonou para participar no ar: 
Ramos: -Admiro a vereadora mandar recado desse, mas nunca ter vindo à minha casa..
Em resposta, a vereadora trocou o conteúdo pelo continente, esquecendo que sua fala inicial tinha por intenção criticar os   seus ex-aliados, Josenildo e Vando. Desviando-se para o equívoco de Ramos, assim falou Frascinete: -Não faltarão oportunidades para  eu ir à sua casa, Ramos. E quero dizer-lhe que quando você foi à minha sempre foi bem recebido, por que nunca neguei atenção a ninguém.
Naldo Nunes criticou Josenildo como precursor da campanha de Patrício.  Referindo-se, logicamente , ao fato de Josenildo ter abandonado o barco, e partido para apoiar o projeto de Geraldo Vieira.
Ficou evidente que o estilo escolhido pelo grupo  foi Se não estamos juntos, a primeira pedrada vai para Geraldo e a segunda  para os que nos deixaram por ele.

É a democracia acontecendo, e cada um tem o seu jeito de fazer uso dela. Quem tiver ouvidos para ouvir ouça. Quem encontrar respostas na língua, responda!
Em todo caso, o eleitorado já sabe quem é quem, está preparado para analisar os projetos, vai curtir muito todas as entrevistas e todos os comícios.  Isto é muito bom,pois,  o eleitorado saberá muito mais sobre todos os candidatos.
Balacobaco vai, balacobaco vem...No fim das contas é só o povo , as urnas e o resultado das eleições: um prefeito, um vice-prefeito,  nove vereadores e seus respectivos suplentes!
Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

3 comentários:

  1. Como todos os outros candidatos totalmente despreparado. VALE-ME OH DEUS.QUAL O PIOR DELES?Fica dificil,responder.CONSELHO:ESTUDE,ESTUDE,ESTUDEMMMMMMMM PELO AMOR DE DEUS.

    ResponderExcluir
  2. é por isso que tem candidato inelegivel aí por ser tao estudioso

    ResponderExcluir
  3. Entenderam mal. Não critiquei o estudo de ninguém. O que citei foi a falta de exposição de ideias que realmente interessam ao povo que quer escolher o candidato. Quanto mais o candidato expor o que tem em mente para governar o município, melhor poderemos entender sua capacidade de gerenciador. Para fazer boas obras ninguém precisa de diploma debaixo do braço. Basta sonhos, coragem,fé, verdade e trabalho.

    ResponderExcluir

Faça o seu comentário.