FPM DE OUTUBRO É 30% MENOR QUE O PREVISTO PELA STN




O FPM ( Fundo de Participação dos Municípios)  creditado hoje (19) nas contas das prefeituras é 30% menor que a estimativa da STN( Secretaria do Tesouro Nacional). Isto significa que os gestores que se basearam na estimativa podem ter adquirido grandes problemas.
Em época de FPM baixo a coisa piora para o comércio e  para a vida dos servidores. Os gestores não conseguem saldar dívidas e pensam em uma solução primária que adquire a tabuleta da sistematização salvadora " É hora de cortar os gastos". Enxugar a folha com rescisões de contratos, diminuir as compras , adotar a política do racionamento no serviço público (água,energia e combustível,corte de serviços que não fazem parte dos atendimentos emergenciais), suspensão das férias dos servidores e  evitar o trânsito que proporcionam  gastos de combustível e direito às diárias. Estas  são algumas das medidas tomadas pelos gestores "enforcados" pelo FPM que não era o esperado. Muitos são os envolvidos com a administração pública que perdem o sono, em seus travesseiros ficam entre a cruz e a espada : " fazer isto ou aquilo, ficar sem fazer ou ir levando como posso?"
Infelizmente o montante que vem do governo federal resolve ou complica muito a economia dos municípios e causa  o efeito dominó sobre a vida da sociedade.

Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.