Mais uma página do Diário

O Diário de Uma Candidata Pobre-Página 5

Amiguinhos, esta é pra arrepiar. Para que nos arrebentemos de ceticismo. Pra que vocês virem eleitores super antenados.
O que vocês pensam quando escutam um político “linheiro”, que desce lá de mais de riba, daquele cargo melhor que todos os cargos do município onde estamos,  e vem   onde acontece de estarmos disputando uma eleição ?
Pois é, meus amores e minhas amoras, eles parecem compenetrados com a vida que vivemos, pois, falam muito bem sobre a realidade onde estamos inseridos. São críticos ferozes quando cobram por mais segurança, educação e saúde para todos nós. O palanque brilha, porque um “verdadeiro” guerreiro da luz clareia os olhos da nossa esperança... O famosão está falando e o povo fica de ouvidos bem abertos para ouvi-lo. 
Verdadeiramente somos culpados por este cara existir como homem público!  Seria muito melhor sabermos fazer carreira para os nossos políticos.. É o nosso conhecido  que tem que ser feito vereador, depois ser prefeito. O nosso prefeito , se tiver agido moralmente como manda o figurino, é que tem que ser  levado como deputado para cuidar de coisas melhores para nós. O nosso deputado que tem que ser governador, e pasmem, mas é  o nosso amigo que um dia tem que disputar a presidência e ser o nosso presidente. E por que não?! O fêdamãe do torneiro mecânico que também não sabia quem somos nós foi presidente, porque o nosso amigo não pode ser? Porque pensamos que isto é impossível? Porque pensamos que o estranho é sempre o excitante, o guerreiro de luz e o senhor das moedas...O cara  que pode tudo?  O desconhecido, amores e amoras, só  porque não buscamos os seus defeitos, tem mais cara de  bonzinho e  capacitado,né?  Então tá... Pensemos assim e continuaremos todos tomando sete lapas de fumo  nos rabicós. Eles ficam famosos e ricaços, e nunca  sabem quem somos nós. Prefiro os meus conhecidos e amigos, até mesmo os meus adversários, com todos os seus defeitos, a ter que bater palmas pra gente que não sabe quem somos!
Esse tipo de cara lá das cucuias e das grotas da mentira, gosta muito é de votos, se é isto o que vocês querem saber! O meu, o seu, os votos de muitas outras pessoas bondosas irão levar esse cara de pau lá para onde ele toma conta de algumas coisas excelentes para ele, onde ele  nem lembra quem somos nós, muito menos o que o lugar onde moramos precisa. 

Eu ouvi e vi  ACONTECER. Vi  uma  cena abominável e perfeitamente suja.

A realidade é que a maioria desses bolhas não sabe porra nenhuma, nada sobre nós. Eles pegam fragmentos de história sobre o município na boca dos políticos locais. Como fuxiqueiros, eles recebem as informações só para mexerem com os adversários, e isto porque sabem como ficam com aquela tremenda cara de herói.  Quando chegam onde moramos, onde disputamos as eleições, agem como se fossem abutres que se alimentam pelas  bocas dos nossos pardais.  Por trás do palanque chegam a perguntar: -O que é mesmo que eu tenho que falar? É pra meter o cacete em quem? Qual é a queixa principal do povo? Qual é a maior fraqueza do adversário?
Não bati palmas para político “grandão” que veio lá da casa de caramba. Bati não. Eu sou tranqueira pra esse negócio de bajulação...Desci do palanque pra não sair nem na foto com eles, porque o que vivemos deveria ser da conta deles sim, mas passa a ser  apenas roteiro de uma peça de teatro quando eles são os narradores.  

Eles fazem doações para as nossas campanhas? VERDADE E ILUSÃO. Alguns sim, outros só encharcam o palanque e nem dão eira nem beira. Os candidatos sabem o valor da doação? Nem todos , babys...Nem todos. Por que não sabem? Existe coordenação FINANCEIRA de campanha.
Eles torcem pelo povo? Não. Eles torcem para que os seus aliados tenham muitos  votos, para que depois pelo menos 50% desses votinhos sejam repassados para eles. Afinal, a doação deles não é doação sem retorno.
Eles são inimigos do nosso adversário? ILUSÂO. Eles sempre pensam no dia de amanhã...para eles, claro!
Eles estarão dispostos a defender o nosso município como causa de honra? ILUSÃO. Vocês já viram algum deles chegar com um cano de água nas costas? Ouviram dizer que algum falou em Sertãozinho quando está na tribuna do Senado? Por que não falam? Crianças, acordem! Sertãozinho falta água, mas só tem 3.800 e uns quebradinhos de votos.Lugar grande é a paixão desse povo "envotarado", amigos: Campina Grande, João Pessoa, Patos, Cajazeiras, Sousa...Estes lugares são as turmalinas azuis dos nossos políticos "grandes".
Todos eles são mesmo simpáticos? ILUSÃO
Eles sabem tudo sobre o nosso município? ILUSÃO
Eles cumprem com a palavra? ILUSÃO. Tem deles que prometem pão e água, e no final das contas negam até a voz de solidariedade.
Eles são amigos dos políticos do nosso município? Não. Com os políticos do nosso município  eles não  fazem amizade, fazem negócios!

Sinto muito quebrar o pano de fundo das vossas ilusões...Mas alguém tem que dizer o que viu nos bastidores. Excelente domingo para vocês.
Beijos 

Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.