PESQUISA APONTA QUE CARTAXO SERÁ O PREFEITO DE JOÃO PESSOA



A primeira pesquisa Ipespe sobre o segundo turno das eleições em João Pessoa mostra Luciano Cartaxo (PT) na liderança com 52% das intenções de voto. Cícero Lucena (PSDB) aparece com 27%. A diferença do petista para o tucano é de 25 pontos percentuais. Os votos brancos e nulos somam 11% e os indecisos 10%.
No levantamento onde só são apurados os votos válidos, sem incluir brancos, nulos e indecisos, Luciano Cartaxo tem 65% das intenções de voto e Cícero Lucena 35%, uma diferença de 30%.
O Ipespe ouviu 800 eleitores no período de 15 a 17 de outubro. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais para cima ou para baixo, dentro de um intervalo de confiança de 95,5%. A consulta está registrada no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, sob o número 000146/2012. ( exatasnew)


Quando um nome pega na língua do povo paraibano pode  dar a  moléstia, mas  não tem Cepacol que o arranque. É assim que eu vejo as coisas aqui na Paraíba. Aqui ninguém é eterno, nenhum ídolo é fixo. Disso sinto orgulho do povo paraibano. Sinto tanto orgulho que não quero os meus artigos secos, sem  tom poético. Não os quero escravos da clareza. Não quero que sejam mascarados só para que tenham cheiros de coerentes. Quero que tenham cara, cheiro, fala, jeito e cor dessa gente cheia de raça.
Cartaxo. O sobrenome que  pegou sem ser grosso como a cera, sem ter cheiro de graxa. Seu  x que não importa a quantos  nexos consiga representar, por  z de exemplo se expressa repetitivamente na língua do  bem querer, com  ch, com charme de macho. Sobe aos céus das bocas como se vivesse o  êxtase de viajar  em um  táxi lunar.. Nome que passou a ter um não sei que de xote. Nome que pegou  no passo a passo, e  saiu destronando majestosamente, só para contrariar, os mais populares políticos do estado. 
Cartaxo... Um vento peralta que fez e fará as raízes das árvores genealógicas caírem incrédulas.  Perdidas a cada simpatia  que o seu olhar caramelado e risonho lançar . O homem de pele clara e cabelos finos que alcança o gosto da maioria dos paraibanos da capital chama-se  Luciano. Luciano do PT. Luciano que não viveu sozinho no útero e que também  não está só no mundo. Luciano que já viveu a biologia da comunhão no útero materno não foi feito para ser solitário. Luciano que não  foi abatido pela Estela do estado, muito menos pelo estrela de Cássio. O Cássio que também não é eterno e também não é Cartaxo. Luciano,  sertanejo de Sousa, não foi diminuído pela presença do mineiro Aécio Neves ( 'grande coisa").  Luciano que não será derrotado por Lucena não precisa nem ser chamado Luciano... Eu creio na força do x, no respaldo das linhas de uma equação popular. Foi este x que pegou...Não o chamem Luciano! Ele é o cara da vez. Ele é  Cartaxo!

Ualaaaaaaaaaaaaa! Eu estou achando tão chique este cara vencendo a todos. Eu juro que não nasci para ser PT, mas não tem jeito, gente...X é X e cara é cara. Até eu vou com a cara do Cartaxo!
Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.