AS PALAVRAS- VANESSA DA MATA




 



As palavras saem quase sem querer,
Rezam por nós dois.
Tome conta do que vai dizer.
Elas estão dentro dos meus olhos
Da minha boca, dos meus ombros
Se quiser ouvir
É fácil perceber
Não me acerte
Não me cerque
Me dê absolvição
Faça luz onde há involução
Escolha os versos para ser meu bem e não ser meu mal
Reabilite o meu coração
Tentei
Rasguei sua alma e pus no fogo
Não assoprei
Não relutei
Os buracos que eu cavei
Não quis rever
Mas o amargo delas resvalou em mim
Não me deu direito de viver em paz
Estou aqui para te pedir perdão
Não me acerte
Não me cerque
Me dê absolvição
Faça luz onde há involução
Escolha os versos para ser meu bem e não ser meu mal
Reabilite o meu coração
As palavras fogem
Se você deixar
O impacto é grande demais
Cidades inteiras nascem a partir daí
Violentam, enlouquecem ou me fazem dormir
Adoecem, curam ou me dão limites
Vá com carinho no que vai dizer
Não me acerte
Não me cerque
Me dê absolvição
Faça luz onde há involução
Escolha os versos para ser meu bem e não ser meu mal
Reabilite o meu coração

 

Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

3 comentários:

  1. Prezada Edilene.
    Em primeiro lugar, gostaria de agradecer a sua importante visita ao meu humilde Blog e ao tratamento a mim dirigido (rapaz), faz muito tempo que não sou tratado assim. Segundo, gostaria de me permitir chamar o seu Senador Álvaro Dias de Alvinho. Ele gostaria de ser chamado assim durante sua campanha. Apenas avalizaria a velha hipocrisia política de antes e depois da campanha, quando ele exigiria ser tratado como autoridade. Terceiro, concordo que o vídeo postado não é mais notícia, apenas informação. Mas não tenho comprovação que a aposentadoria do Alvinho foi depositada em alguma conta para a caridade, assim como ele prometeu... Apenas uma entrevista dele prometendo fazer isso, e promessa de político você sabe como deve ser tratada, não?
    Quarto: Não sou PTista e, como você ironicamente (Que beleza! Ironia dentro da minha ironia!) insinuou, não espero por benesses dos Governos Federal ou Estadual, de quem sou admirador e crítico (basta dar uma olhada mais aprofundada nas postagens do Blog).
    E, finalmente, Sra. Olhuda (me deu este direito quando me chamou de "Seu Cachete"), gostaria de parabenizá-la pelo excelente gosto musical do seu Blog. Da lama, onde dorme a ostra, também crescem pérolas! Bom dia e sucesso na vida!

    ResponderExcluir
  2. Ele estressou? Deve ter sido por isto:

    Um comentário:

    Edilene Amaral disse...

    Rapaz , vc está mais atrasado que baleiro de trem oferecendo balas juquinhas.

    Esta notícia é antiga, o senador Álvaro Dias não recebe aposentadoria não senhor, e pq ele decidiu não receber. Se vc está ai torcendo por uma reeleição da Dilma ou quem sabe uma indicação do Eduardo Campos é um direito seu...O que não é legal para os leitores do seu blog é vc jogar sujo e postar assuntos para cooptar com seus sonhos pessoais e desejos partidários. Sem postagens impessoais, senhor, seu CACHETE não dá conta do recado!
    E , ó: Se quiser responder no meu blog,sinta-se em casa. Só não me venha com intimidades irônicas. Alvinho não. O nome dele é ÁLVARO e, pra você, com o Senador na frente,viu!
    26 de novembro de 2012 00:04

    ResponderExcluir
  3. O que eu acho legal nos blogs é a condição de oferecer veracidade em tempo real...Mas tem gente que usa os blogs para moer o que não prova, não vale e não conta ponto para ninguém.
    Rapaz é uma expressão costumeira no nordeste, enquanto que Alvinho não é sequer para os paranaenses íntimos quanto mais para quem engraxa as botas debaixo dos juazeiros!
    O Alvinho que tem na casa do Álvaraço é o filhotinnho dele.

    ResponderExcluir

Faça o seu comentário.