ELE NÃO QUER SER ANUNCIADO COMO O MAIS NOVO PENIANO

Finalzinho de uma tarde de domingo. Ouvidos na TV, dedos no teclado e olhos na minha caixa de e-mails. Ele viajava no céu e trocava mensagens comigo,enquanto  o Fred corria de  se lascar todinho na terra, a favor do Fluminense.
    Ó só como o Fred mente, Gente.Até parece que eu não quero
a canisa dele, as chuteirad dele, as meias dele...Que  bichinho pra mentir!!!

Eu estava dividida entre dois dos meus super interesses: Ele e o Fred. Ops!Ele e o Fluminense (disfarçando, porque ele pode não gostar muito dessa coisa de ter que concorrer a minha atenção com o Fred )  Parou de trocar e-mails e eu quase paro de respirar, com os olhos aregalados e o coração disparado. A TV falava sobre o avião que caiu em Congonhas... Nessa hora me dou conta do quanto ele é desobediente. Fica usando o celular no avião... Ah! Ele está implantado  de saber que não gosto que me diga que está dentro de um pássaro de lata.Mas, nunca vi lapa de gente mais teimosa que ele!
Tempo vai...tempo não volta. O Flu correndo pelo campeonato, Fred suado e eu duplamente ansiosa" Onde ele está que não responde"? É claro que eu penso todo tipo de besteira e aquele avião de Congonhas era a "besteira" da vez. Ele acabou mandando novo e-mail que ,além de tirar o medo de mim, quase me mata de tanto rir. Era a resposta sobre eu ter sugerido o PEN, o novo partido. Ele  tem um senso de humor maravilhoso. Viajou no pensamento, deve ter ido ao futuro e viu todas as manchetes dos jornais, todos os âncoras anunciando, todas as capas de revistas.Quando voltou ao presente  respondeu  que nem morto teria a coragem de ouvir a imprensa divulgar o seu nome como o mais novo penista ou peniano. Ah! Foi bater e valer. Eu ri demais. Ele é demais e o Fred é demais. Ele está vivo e o Flu está campeão.
Jovens tardes de domingo... Quantas alegrias!Velhos não... Belos tempos, belo Dias.


Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.