NA PARAÍBA :POLÍCIA SUSPEITA QUE A MORTE DE UMA MENINA DE 13 ANOS FOI CAUSADA POR ESTUPRO



Uma menina de 13 anos morreu na tarde de quarta-feira (31), no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande com um quadro de infecção generalizada que teria sido causada por um estupro, segundo informou a família à polícia. Eles contaram ainda que há uma semana a menina havia saído de casa com um homem mais velho que teria conhecido na Internet. De acordo com a Delegacia da Infância e Juventude, a causa da morte ainda é desconhecida.
A equipe médica informou que a adolescente deu entrada às 15h29 no Trauma. Ela foi levada pelos pais com um quadro de inflamação pélvica que evoluiu para uma infecção generalizada e durante um procedimento cirúrgico sofreu paradas cardíacas e morreu.
O diretor técnico do hospital informou que ela foi encaminhada pelo Hospital da Criança, sofrendo com dor abdominal que sentia há dois dias. “O médico identificou uma secreção de pus na cavidade genital, ela foi levada para assepsia, sofreu duas paradas cardíacas e, às 17h30, morreu. Há uma possibilidade de a relação sexual , violenta ou não, ser a razão do desenvolvimento rápido de uma infecção tão grave”, afirmou o médico Flawber Cruz.
De acordo com o médicos, a família informou que na última semana a menina fugiu de casa com um suposto namorado, retornando no mesmo dia no fim da tarde. A Polícia Civil ainda não tem suspeitos mas já investiga o caso e a hipótese de estupro.
"Há uma semana, na quinta-feira (25), ela saiu de casa e os pais procuraram a polícia, mas ela retornou no mesmo dia. Sabemos que ela residia com o pai, a mãe e um irmão, mas ainda vamos ouvir a família, que está muito abalada. Tentaremos também antecipar o resultado da perícia. No boletim consta como morte a investigar”, explicou a delegada Alba Tânia Casemiro.
Segundo o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande, um laudo preliminar será dado em 10 dias e o conclusivo em 30 dias.
Fonte g1
Postar no Google Plus

About Sergio Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.