PROMOTOR VAI RECORRER DA SENTENÇA QUE ABSOLVEU CEPOLLINA

O promotor João Carlos Calsavara também vai entrar com recurso no Tribunal de Justiça de São Paulo, pleiteando um novo julgamento do caso Ubiratan Guimarães. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do MP (Ministério Público na manhã desta sexta-feira (9). Na última quarta-feira (7), após o fim do julgamento, ele havia dito que não iria recorrer, mas mudou a sua decisão.
De acordo com a assessoria de Imprensa do MP, o recurso será baseado em três fundamentos: absolvição contrária a prova dos autos, cerceamento da acusação e nulidade processual.  Ontem (8), o criminalista Vicente Cascione, que atuou como assistente de acusação no julgamento da advogada Carla Cepollina,  também informou que entrará com recurso no Tribunal de Justiça de São Paulo para que seja determinado um novo júri. Na avaliação dele, os jurados votaram “em divergência com as provas dos autos”.
A acusação tem até a próxima segunda-feira (12) para recorrer da sentença. Na última quarta (7), Carla Cepollina foi absolvida da acusação  de ter assassinado o coronel Ubiratan Guimarães, um dos personagens centrais do episódio que entrou para a história como “massacre do Carandiru”.  O julgamento realizado no Fórum Criminal da Barra Funda, zona oeste de São Paulo, durou três dias.
 
Fonte: R7
Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.