CAMPO DE BELÉM PODERÁ BEBER A ÁGUA QUE O PREFEITO NÃO MANDA PARA O POVO


Você já ouviu falar algo sobre o princípio da razoabilidade? Se eu for explicar com muita técnica posso não conseguir deixar muito claro, vou falar de um jeitinho fácil , para que este conhecimento fique gravado em sua memória . Administrar uma cidade não pode ser de qualquer jeito, tudo é feito de acordo com a lei (princípio da legalidade), e de acordo com o que é melhor para o maior número de pessoas, por isto existem vários princípios que orientam os passos da administração pública. O princípio da razoabilidade é um deles.
Este princípio deve ser o  guia mestre das atitudes que um  gestor sensato  deve tomar. É  quando o gestor deve ser sensível e optar fazer o melhor , o que é mais necessário  para o maior número de pessoas. É quando, por exemplo, o gestor tem que decidir em fazer isto ou aquilo, porque no momento não consegue fazer duas coisas com a mesma verba, e outras coisinhas mais. É quando os assuntos de emergência furam a fila dos assuntos que podem ficar para depois. Porque ser razoável ,em administração pública, significa agir de tal modo legal e por tal motivo que ressalta maior interesse  público. Haverá sempre a aferição de motivo que gerou a finalidade do que se decidiu fazer. Agir assim, queridos e queridas , é agir com sabedoria, mas em administração não existe vaidade, por isto sabedoria se transformou na palavra eficiência. Em administração, os mais preparados gestores  não utilizam a glória do EU POSSO FAZER, mas a humildade do EU DEVO FAZER.
 Sabe por que estou falando sobre isto? Porque os belenenses estão há 5 dias sem água na torneira,nenhum carro pipa chega às ruas do centro ou  periferia, mas, provavelmente, o gramado do campo deve ficar verdinho até o dia da sua inauguração. Sem vaidades à parte, o que o prefeito quer é ver não só a bola rolar , mas os baldes também. Que coisa insensata, gente! Quanta falta de compreensão! Pouco bom senso, falta de prudência, zero de moderação! 
 Tomar atitudes adequadas e coerentes, levando-se em conta a realidade da seca que aflige o município, era o minimo que o prefeito poderia tentar  neste momento, mas quem disse que consciência é para qualquer gestor? Daí o motivo pelo qual se torna cada vez mais necessário que os novos gestores recebam treinamentos, conhecimentos e acima de tudo trabalhem ouvindo o clamor do povo.
Nota: Esta manchinha brilhosa que você está vendo no chão não é cimento, porque o que estão colocando é grama e não cerâmica. A manchinha brilhosa é água e, certamente, água com abundância. Água que falta nas casas de Belém.

  Montagem criada Bloggif
Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.