BURRINHA SE AFASTA DO PSDB DE SERTÃOZINHO



Severino dos Ramos, o popular Severino da Burrinha, homem simples que é  servidor da prefeitura de Sertãozinho nos dias úteis e  agricultor todos os dias, ficou insatisfeito com a indiferença com a qual  alguns amigos do seu mais recente grupo partidário adquiriram depois do último 7 de outubro. Segundo Burrinha, depois das eleições  alguns partidários passaram a tratá-lo como um pedaço de pau, como se ele fosse inanimado e irracional. Arredondando as palavras:  Um sem valor!
Hoje, um amigo também filiado ao PSDB me falou sobre o pedido de desfiliação de Severino da Burrinha, coisa que levou-me  a perguntar se o informante tinha certeza se a notícia procedia mesmo ou era só um momento de desabafo do Burrinha. O rapaz garantiu que sim, pois,ninguém mais ninguém menos que o próprio presidente do PSDB de Sertãozinho, o senhor Vando Cardoso, havia comentado  o ocorrido com pessoas do partido.
Burrinha fez a sua campanha com os pés no chão, com muita simplicidade, pedindo votos para o homem do coentro e do tomate(verduras que ele vende nos fins de semana).Foi considerado por 74 pessoas que certamente viram nele além da sua  pureza , a oportunidade do voto de identidade ou de protesto.
É um cara simples que atuando como servidor público também sofreu perseguições. Atualmente ele ainda continua prestando serviço na estrada do sítio Boa Ventura, local bastante afastado de onde ele reside.
Revoltado com a frieza dos amigos e com a sua situação de continuado sofrimento, Burrinha chegou a me confessar, semana passada quando esteve doente e procurando cuidados médicos na USB, que passará a ser eleitor de Estacada: -Estou cansado de ser usado,perseguido  e esquecido- desabafou Severino.


Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.