DESMANTELO DA MULESTA: REVISTA ISTO É DETONA OS GASTOS DA PRIMEIRA- DAMA DA PARAÍBA

Minha gente, era cedinho do dia quando eu estava no banho, jogando a cuia de água nos cabelos, porque chuveiro aqui em casa, depois da seca, virou objeto em extinção.Não usava sabonete líquido de  R$263,90 porque Lux aqui em casa é luxo desde os tempos áureos da Sophia Loren. Vez ou outra é que  dou uma trocadinha básica por um Natura. Ouvia o rádio de mamãe que estava com toda moléstia de parara prapra pra pra: o radialista  estalava o nome de Pâmela Bório, descendo o aço na primeira -dama da Paraíba.

Pensei que ele estava muito doido porque há alguns dias nossa linda primeira-dama foi criticada por postar na internet fotos de suas lindas peças de lingerie, com a seguinte frase " Presente para mim, mas quem curte é o maridão". Frase esta que cabe até piadinhas , por ser ambígua...Curte como? Vendo Pâmela usando ou...Ah! Não...Peraí...Alguém teve surto de doideira e imaginou que o governador curte usar as peças?

Brincadeiras à parte, acho que infelizes e mal amados fizeram uma tempestade num copo d'água por acharem um escândalo a primeira-dama postar as tais foto e  frase. Não é nada demais uma esposa pública ser brincalhona, se mostrar feliz e se aproximar das pessoas querendo mostrar que ela e o marido também têm momentos de carinho. Pâmela é jovem, e todo jovem tem prazer em mostrar que vive e que tem determinado estilo de vida.Esta coisa da lingerie foi tipo dizer " -Meninas, eu uso isto e o meu marido acha legal. Que tal fazerem o mesmo para a felicidade dos seus maridos? ".  Foi assim que eu entendi, e achei super massa ela fazer isto. Pra que a gente querer primeira-dama metida, silenciosa e arrogante?Ah! Deixem Pâmela falar, viver, sorrir, escrever, compartilhar e curtir!
Até aqui ,com essa coisa de lingerie,tudo belezura...Mas o que o radialista estalava era sobre a edição 2252 da revista Isto é que veio com todo veneno pra cima de Pâmela Bório. A isto é publicou uma matéria das compras pessoais da primeira-dama da Paraíba, com gastos à la  Maria Antonieta. Não tem como acharmos estes gastos coisinha banal, até porque se nem o Tribunal de Contas da Paraíba achou que tais gastos estavam normais, quem somos nós para defendermos a bela Pâmela? 
Dá para entendermos apenas que existe  um pouquinho de politicagem nisso,  tipo assim: Muita gente chega ao poder e  faz gastos mirabolantes ,porém,bem embutidos, sabe?Jogam outros nomes nos empenhos e outras compras... Outros poderosos com mulheres e até amantes que gastam tanto ou mais que a esposa de Coutinho curtem atirar pedras mexendo na menina dos olhos do governador, subjetivamente mexem  com ele, esmiuçando o seu coração cheio de  bem querer , querem insultar o seu mundo mais íntimo.
É claro que não é legal um gasto exagerado do dinheiro público, mas se para quem sabe ler um pingo é letra, acreditem que adversários não gostam que a primeira-dama seja uma espécie de miss  simpatia da gestão de Mr.Coutinho. A beleza e a popularidade dela incomodam, e incomodam gente grande que vai sim tentar derrubá-la do coração do povão. Talvez Pâmela tenha dado essa grande oportunidade aos adversários quando se mostrou muito chegada ao jeitinho de se mostrar em meio aos leitores do mundo comum ou quem sabe ...Talvez os contadores do governador tenham gosto por alimentarem os adversários  que adorariam tem uma Pâmela na vida ou os votos de Ricardo nas urnas...Ou ainda os contadores são do tipo Nero,  colocam incêndio onde a imprensa vai soprar aos quatro ventos,   porque colocar mais de 400 latas de farinha láctea em uma nota foi extrema maldade.É uma chacota que nos inspira a conclusão extraterrestre que Pâmela e Ricardo são pais de um super bebê. E aquelas toneladas de carne?  Ricardo Coutinho está imitando o rei Dario é? Deu para criar leões?! Danado vai ser quando ele substituir a carne animal por algumas pessoas que querem saber como é ir para a cova dos  bichinhos famintos.
Veja a matéria que detonou Pâmela clicando aqui
Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.