FIQUE POR DENTRO DO BABADO DO SALÁRIO DOS VEREADORES DE SERTÃOZINHO




De acordo com informações prestadas a esta que vos escreve,amados leitores e amadas leitoras, o salário dos vereadores de Sertãozinho-PB, aprovado com aumento desde 2012 será tratado hoje à tarde, em uma reunião realizada com os vereadores deste município. O aperto é grande levando o  presidente  , Naldo Nunes ( DEM-PB) a passar pelo  sufoco das críticas  em seu primeiro mês gerencial.  Tentando afrouxar o nó do sufoco econômico que a Casa adquiriu com o aumento do salário do legislativo, o presidente lançou a   proposta de diminuírem o salário que teve aumento legal, mas não teve real, pois era para passar a valer a partir deste mês. A proposta do presidente é de baixarem o valor de R$ 2.500,00 para R$ 2.200,00. Segundo informações colhidas, nem todos fazem objeção aos R$ 2.200,00, mas alguns fazem sim muita questão pelos R$2.500,00. Se  o salário aprovado for desaprovado rs rs, não for pago, teremos pela primeira vez um efeito ex tunc  presente nas  tomadas de  decisões  do poder legislativo de Sertãozinho-PB, mas  isto só ocorrerá se  2/3 dos vereadores eleitos concordarem.

Caso eles não cheguem ao comum acordo, possivelmente o presidente terá de fazer outro tipo de corte de gastos, e há quem ande sorrindo irônicamente, perguntando ao próprio vento: -Porque ele não corta um dos seus próprios salários?

Sabe-se que desde o  dia 18 de janeiro, segundo informação de um vereador do PMDB, a  prefeitura repassou a quantia que à câmara pertence. Onde fica o fôlego de uma maioria oposicionista que desejava criticar a atual gestão se houver, debaixo da própria ordem confeccionada pelas aprovações do legislativo , desordem e/ou "desmanche" de lei ? O legislativo tem autonomia normativa,  podendo revogar suas decisões, mas quanto a desmanchar o aumento do salário... Fica aquele ar de pouca atenção para os cálculos e que infelizmente caiu como batata quente na mão do atual presidente. Que  o presidente da câmara consiga  se sair bem dessa "crise inicial" e dar  a César o que é de César , ou seja, pagar aos vereadores e aos servidores , sem aceitar a ideia de desviar quem quer que seja das funções do cargo ao qual concorreu, para não ter que tamponar a tesouraria com um nome que por ela não responde,     e que o presidente também faça uso do Portal da Transparência ,para prestar esclarecimentos ao povo de Sertãozinho.É melhor atuar sem a fraqueza da franqueza , desabafando o que está realmente acontecendo.
Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.