DEFENSOR LEVANTA A BANDEIRA DA SAÚDE NA PARAÍBA


]

  Reclamações e denúncias a respeito da falta de medicamentos ou o mau atendimento em saúde pública são cotidianas nos órgãos ligados à justiça, como é o caso da Defensoria Pública. Diante do grande volume de reclamações, o defensor público Fernando Enéas de Sousa decidiu abraçar a causa e este ano entrou no Juizado Especial de Santa Rita, com duas ações obrigando o poder público a custear uma cirurgia no valor de R$ 9,5mil e também a fornecer medicamentos  de valor elevado. “Isso cabe ao Estado, independente de ser caro ou barato. O direito a saúde é um fundamento constitucional”, argumenta o advogado.
                                               
O profissional assegura que a falta de acesso a medicamentos e a procedimentos médicos são dois grandes geradores de reclamações em vários municípios paraibanos. Ele acusa os gestores  de se apropriarem indevidamente dos recursos oriundos do Governo Federal destinados à saúde e de deixarem a população sem o atendimento necessário.

De acordo com Sousa, esse tipo de reclamação é comum e  é preciso essa levantar a bandeira. Ele argumenta ainda, que em busca de resolver esses tipos de problemas, as pessoas acabam sendo enganadas por advogados inescrupulosos.

Após obter resultados positivos referentes ao tema, Sousa declara que pretende abraçar a causa da saúde pública e pretende pressionar através da justiça, os poderes responsáveis para assegurar o atendimento mesmo quando os procedimentos forem mais complexos ou caros. “Precisamos levantar essa bandeira.Sem saúde não se pode fazer nada”.
Sousa também disse que a Defensoria Pública poderia abrir concursos.Ele acha inadimissivel que apenas um Defensor Público abrace essa causa de fundamento constitucional. De acordo com a sua opinião o descaso para com a saúde está diretamente ligada ao governo da Paraíba que neste assunto também deixa a desejar. 

Por
Monica Melo
WSCOM Online

Com as pitadinhas editoriais do Blog Olho de Mulher


Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.