OPOSIÇÃO DE BELÉM DÁ VIRADA NO PRESTÍGIO DO PREFEITO E REELEGE JOÃO PERNINHA

O final de semana foi de cargas de adrenalina para o prefeito de Belém, Edgard Gama PMDB/PB. Sabendo que corria o risco de ver a oposição se unir a João Perninha- PMDB/PB, atual presidente da Câmara, para reelegê-lo como presidente da câmara para o 2º biênio, o prefeito tentou evitar tal resultado e fez  uso de dois pesos e duas medidas.  Edgard blefou com um  discurso de apoio a João Perninha, no entanto, pelas costas do vereador do seu partido a conversinha era bem outra, pois, a "democracia" colocou no páreo da disputa a vereadora Luciana Cardoso, também do PMDB .
Como o presente de grego ainda é muito comum no cenário político, a oposição montou o recheio do cavalo de pau que derrubaria a eleição de Luciana Cardoso. Junior de Bau, Adriano Miguel, Graça e Fábio Maia, contabilizando os quatro vereadores de oposição, somaram-se ao homem que queria reeleger-se, deixando para este o simples papel de conseguir mais um voto, e o voto apareceu com a coragem do vereador Valdo Fernandes-PMDB/PB.
Os fogos de artifício, depois da reeleição de João Perninha, simbolizam três coelhos tontos por uma única cajadada: 
1- A situação sente a dor de ver a  oposição se fortalecer. Possivelmente, a partir de hoje a oposição estará abrigando, a favor das decisões da sua bancada, de maneira explícita ou subjetiva,dois vereadores do PMDB;
2- João Perninha confunde todos os poderosos da mãe prefeitura e se confirma como líder imbatível e independente na câmara;
3- O prefeito não conseguir fazer a sua candidata foi a mesma coisa de sair do pódio  de liderança para o banquinho de laderança.

É bem provável que a adoção temperamental que o prefeito adotará, neste primeiro instante de "cara enfiada no buraco", seja torrar os cacos na base da fechada da torneira. E podem escrever que o vereador Valdo Fernandes será quem mais vai pagar o preço, portanto, Valdo inicia uma era de grande impulso de independência  e deve sim ficar unido ao grupo oposicionista, porque intrigas internas no próprio partido suscitarão o famoso "fogo amigo"  a caminho.
Nossos sinceros parabéns ao  grupo de oposição que teve a humildade de não dar ouvidos às grandes tentações e também aos vereadores João Perninha e Valdo Fernandes,por fazerem o que queriam e não o que as estratégias de A ou B do grupo da situação tanto desejavam que eles fizessem.
Agora a pergunta mortífera: Como está a fortaleza de um prefeito que ganhou as eleições com poucos votos e vê o rio indo desaguar no mar da oposição? Será mesmo que se confirmará o ditado do senso comum? "Edgard é prefeito de apenas um mandato". 

Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.