VEREADOR JÚNIOR DE BAU DESABAFA PRA GERAL SABER O QUE PENSA E SENTE

O vereador Júnior  de Bau ( Belém-PB) esteve comigo hoje (19) e conversou sobre  assuntos pertinentes  sobre sua atuação,  críticas infundadas que sofreu durante a semana e também sobre   o Bolsa Universitária.

Blog Olho de Mulher :  - Júnior, o que levou você a comparar  os professores contratados pela Prefeitura de Belém com os medicamentos genéricos? 

Vereador Júnior de Bau: - Eu apenas conclui a importância da fala do vereador Adriano Miguel  que ressaltou a desvalorização dos salários dos professores belenenses, comparando várias situações negativas que eles enfrentam desde a gestão passada até os dias atuais. Em relação às melhores situações dos  professores de alguns municípios vizinhos, o vereador Adriano Miguel lastimou que em Belém os educadores passem bem longe do reconhecimento dos valores que merecem ter reconhecidos por parte do gestor. Quando falei nos medicamentos genéricos, a minha linha de pensamento não foi  depreciando  os professores contratados. Muito pelo contrário, eu critiquei o barateamento que a administração pratica em relação a pagar bem menos a estes educadores que são tão competentes quanto os educadores concursados. Acredito que a desigualdade não faz o servidor se sentir feliz.

Blog Olho de Mulher: - Como você tem visto o trabalho das críticas infundadas que você sofreu sobre este assunto?
Vereador Júnior de Bau: - Eu respeito os meus pares, independente das siglas partidárias.Creio que eles são,no primeiro plano do ambiente, ou seja, no plenário, as minhas fiéis testemunhas  e, consequentemente, por estarem cientes do regimento interno, os meus melhores juizes. Os vereadores da Casa Adauto Pessoa sabem perfeitamente que em momento algum Júnior de Bau fez um comentário infeliz, mas ressaltou uma realidade que do seu ponto de vista é extremamente negativa para o educador contratado.  Quanto ao que as pessoas tentam fazer envolvendo o meu nome, a única coisa que concluo é que a verdade que utilizo na tribuna está incomodando quem gostaria muito mais que eu fosse silencioso. No lançamento de cada verdade combatente,  tentam distorcer os fatos com picuinhas de militância e não com a qualificação adequada à política. Resta-me o justo sentimento sobre o bloco da situação não precisar e não se utilizar desse tipo de instrumento para calar um vereador da oposição, dado o respeito com o qual todos os vereadores participam do contexto a que estamos inseridos para fiscalizarmos o desempenho da administração. Não é intriga da situação, é intriga de militantes acirrados que só trocam de camisa quando sentem vontade de ir à igreja rezar, mas na verdade o que eu temo não é o desgaste da camisa partidária, mas que saiam da igreja com o pensamento de continuarem fazendo tudo errado.

Blog Olho de Mulher:- O assunto do momento, de grande interesse popular, é o Bolsa Universitária. O que o vereador Júnior de Bau tem para oferecer a este projeto?

Vereador Júnior de Bau: - Sem dúvida alguma o Bolsa Universitária precisa ser assunto debatido, mas de uma maneira que tenha total transparência entre o legislativo e sociedade belenense, além  de ter que ser amparado pelos artigos constitucionais . É do conhecimento de todos que o universitário sofre muito até receber o seu canudo e que precisa da ajuda de parentes, de ficar alojado nas universidades, de pegar carona  e tantos outros sufocos aos quais se submete. No entanto, temos que analisar a fundo como apoiarmos um projeto que certamente será tido como oneroso por parte do poder executivo.Não quero gerar falsas expectativas para os universitários nem estou aqui dizendo que não vou defender a causa, o que estou dizendo é que para não cometermos gafe alguma, não colocarmos os pés pelas mãos, creio que o caminho é consultarmos um advogado especialista em Direito Administrativo para nos conscientizarmos se há possibilidade do Bolsa Universitária ser implantado em Belém-PB através do Legislativo.

Blog Olho de Mulher: - Caso seja inviável para a CM de Belém ser autora e aprovar a lei da  Bolsa Universitária, por possivelmente ser interpretada como uma lei que gera gastos para os cofres públicos, qual será a sua atitude, Júnior?

Vereador Júnior de Bau:- Entrar em concenso com os vereadores que se comprometem com esta conquista a favor dos nossos alunos do terceiro grau , e juntos solicitarmos ao poder executivo que tenha sensibilidade suficiente para se juntar ao legislativo e enviar como lei de "sua" iniciativa para que possamos estar apreciando e com certeza aprovarmos  o Bolsa Universitária. Sem solução é que não ficaremos, pois o que é bom para os que buscam a educação como fonte de crescimento também  é bom para o avanço de  Belém. Como dizem os estudiosos "Nenhum conhecimento pertence apenas a quem o recebe, mas ao lugar que abriga o conhecedor."

Estas foram as respostas do Vereador Júnior de Bau para todos vocês que curtem  bloguinho mais pauleira de Belém.
.





Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.