MEXA COMIGO NÃO, PORQUE QUANDO EU AMANHEÇO INSPIRADA...BATO COM LUZ DE ESPÍRITO E PAU DE JATOBÁ!

Bom Dia, amores e amoras!
Estava brincando o São Pedro de Belém, dançando feliz com o meu maridinho e sem a menor pressa de sair do ritmo da casa de reboco, porque todo tempo que me restava, para estar em seus braços, ainda era pouco...Ô coisa boa é o amor, gente!
De volta à vida, mas não  sem a música - seria um erro como disse Nietzsche- é bom saber que hoje é segunda-feira, 08 de julho, e que voltar do sono é sempre um milagre. É maravilhoso ver que  o céu está ensolarado, em Belém-PB, porém escrevo  com grandes possibilidades de pancadas de trovões no bumbo do PILÃO que achou de me chamar de OPORTUNISTA, no Blog Sertãozinho Notícias. Senhorrrrrrr, Ô Senhorrrrrrrrrrrr... Este pobre homem está desejando ficar mais beliscado que pé de arruda em feira de catimbó,né? Está invertendo os valores que nos distanciam em número, gênero e grau, tentando fazer com que o povo de Sertãozinho pense que eu sou o que ele é, ou seja, uma pessoa que busca um "abraço benéfico" da prefeita Márcia. Na falta do que fazer, Maurisio de Pilão vai gastando seu tempo ocioso com tentativas de tocar violão mesmo sem ter a menor noção de onde está o ritmo quando tenta as notas de Sertaneja se eu pudesse e papai do céu me desse um espaço pra voar... Talvez cansado da sua garganta seresteira e das pestanas fracassadas, agora ele partiu para outra diversão solitária:  achou de conceder entrevista a si mesmo, no Sertãozinho Noticias, só para falar mal de mim. Estou ficando importante demais e nem sabia. ULALAUUUUUUU!
 O infeliz disse que quero uma vida feliz e patrocinada pela administração da prefeita de Sertãozinho. Sabe Deus e os anjos que a prefeita Márcia Mousinho não tem sofrido nenhum assédio meu de pedidos ambiciosos, ela nunca  ouviu o tum tum do meu coração bater em 3T, porque não me contorço em ambições, temores, ofertas ou benesses pessoais. O motivo de eu estar calminha calminha para o lado da prefeita é um só: ela está pagando o meu salário básico bem certinho e não tem praticado as baixarias do abuso de poder, não tem usado a força para me perseguir.Tudo o que eu queria de volta à minha vida de servidora era trabalhar em paz, e graças a Deus estou indo ao meu trabalho com prazer de passar o dia fazendo o meu melhor. Para quem acha que isto é pouca coisa, por favor risque do seu caderno a palavra DIGNIDADE. Para quem acha que foi  fácil e bom para mim ser arrancada do meu ofício, ser jogada às paredes do ostracismo, ver surrupiado o meu salário, não conseguir diálogo, ser tratada com desigualdade, ser vigiada por fofoqueiros  e humilhada por quem não queria me respeitar como servidora pública, então sinto muito dizer: ESTOU LIVRE DE TODOS ESTES MALES e agradeço muito ao SENHOR MEU DEUS...E sabe porque agradeço a Deus por tudo isto, Senhor Maurisio de Pilão? Porque eu sei o quanto os que praticam as astúcias do DIABO usaram os lábios para rechear os ouvidos e mexer com coração do ex-prefeito, o quanto fazendo isto eles tentaram me fazer perder o gosto de ir ao trabalho, o quanto eles tentaram destruir o lugar que Deus me deu para ir buscar o pão. Ah! Se o senhor e tantas outras pessoas soubessem como é linda a minha história de emprego. O senhor não sabe nada, não sabe nem onde eu nasci... Como  saberia o quanto eu  orei de joelhos para que o meu espírito se fortalecesse e eu não desistisse do meu emprego? Imagina se o senhor saberia que  o Deus que amo me formou um mês antes da minha turma para que eu não perdesse o meu emprego em Sertãozinho. É, Senhor Maurisio, quem sabe do meu compromisso com esta gente não é o senhor, mas aquele que está acima das nuvens. Se não posso entregar o que Deus me deu ao "rabudinho" como estranharia o fato deste se intrometer tanto com esta AMIZADE VERDADEIRA que eu e  o PODEROSO CHEFÃO temos, né? Imagina se o senhor saberia que não preciso de oportunismo  uma vez que não sabe que a inteligência com a qual o Espírito Santo me agraciou já  fez resultados inalcansáveis para os que confiam no poder das moedas ou nos cargos dos homens. Ah! Senhor Maurisio...Eu lá preciso de me entregar de bandeja para ninguém? Eu lá preciso de coisinhas que saem das veias da bajulação? Eu lá preciso ficar açoitando pessoas só para provar ao senhor (Afff! Logo ao senhor?!) qual é o meu pensamento político ou posicionamento? Poupe-me, homem!
Enquanto eu sofri todas as coisas ruins orei intensamente para que o ex- prefeito de Sertãozinho conhecesse o poder de Deus, não dobrei os joelhos para ele,não fui lambuzar os ouvidos dele com pedidos de PAZES, dobrei os joelhos para o Deus que refresca fornalhas, que rompe mares, que derruba muralhas. Eu desconheço o ódio, Senhor Maurisio, porque o ódio me tira da presença de Deus, daí o motivo pelo qual não vou viver de palanque armado só para fazer o seu gostinho,  nem vou viver com chicote de fogo pra cima da prefeita se ela não me der motivos explícitos. Desconheço a mentira e a ambição desmedida, porque ambas  fazem parte do pacote de Satanás. O que eu gosto mesmo é do poder de Deus ,porque com Ele eu desafio o DIABO, desmascarando e destemperando as suas artimanhas. Que quero eu fazendo sociedade maléfica com homens que não sustentam o que falam, fazem e tramam?   
Estando bom para ambas as partes, meu salário básico no bolso e meu sossego no dia a dia, respeito mútuo e recíproca de boa vontade verdadeira,  que façam oposição à prefeita aqueles que estão assumindo mandatos, porque é sim atribuição dos vereadores fiscalizar, criticar, trazer a verdade às luzes dos olhos do povo. Quem quiser ser mais que eles, por estar roendo demais , por não estar sob a aba do chapéu da prefeitura ,que faça o que bem quiser. Estou na fase ECLESIASTES. É um direito meu usar o tempo de CALAR. Não sinto vontade alguma, neste momento, de mexer com a prefeita...Não estou a fim. Quero um ano de apuração. Em um ano de mandato dela eu boto aqui, ali e acolá o que estou vendo, sentindo, aferindo. E descanse o seu coração, Senhor Maurisio...Descanse, porque vou traçar o primeiro ano da prefeita com VERDADES, sem encomendas, sem MANIPULAÇÃO, sem adulteração alguma.
Agora, rebatendo ao que o senhor, caro infeliz aspirante a  tocador de viola , colocou no Sertãozinho Noticias " Em sua opinião o que o coração de Edilene sentiu? Oportunismo, uma forma que a prefeita acreditasse que ela estava se reaproximando do esquema que já conviveu. Ou queria ficar de bem com os que comandam a administração da cidade. Na minha vida e da minha família não existe a palavra “esperteza” ou outro adjetivo que possa vincular o nosso nome a subtração de valores em causa própria. Todos da minha família que nasceram ou vivem dentro ou fora do Estado acompanham o desenvolvimento da nossa terra. Não nascemos, com todo o respeito aos belenenses, em Belém," quero em primeiro lugar dizer aos meus amados leitores e amadas leitoras que sou natural de Nova Iguaçú,município do Rio de Janeiro, e que nunca fiz parte de esquema algum do PMDB Sertãozinhense.
 Não busco oportunidades, antes espero que a prefeita, em bom tempo e com a melhor das boas vontades, faça valer a igualdade a todos os servidores ao cumprir os artigos da Lei Orgânica, do Estatuto dos Servidores e do PCC da Saúde, reconhecendo que muitos destes expõem suas vidas aos riscos das contaminações.Desejo que  ela lembre que a GRATIFICAÇÃO da INSALUBRIDADE deve sim chegar ao bolso de todos que têm esse direito pendurado no prego do esquecimento da Prefeitura de Sertãozinho.
Acredito que oportunista faz um casamento perfeito com PARASITA, e verdadeiramente quem mora em Sertãozinho ou Belém  conhece o meu afeto com o trabalho. São pessoas que sabem que de parasita não tenho nada e de oportunista muito menos.  Este negócio de oportunista não é o meu caso  até porque não levo a vida deixando que ela me leve, comigo a vida leva sopapos e tem de ser vivida. A coisinha mais leve que faço é escrever, e não escrevo de mim para mim, porque o OLHO de Mulher não é um diário da minha solidão, antes é feito para  os que têm senso moral e conteúdo mental, ou seja, para os que costumam assimilar que a  ESQUIZOFRENIA não faz parte do meu MENU de temperamentos.
Até aqui me ajudou o Senhor. O Senhor me ajudou  várias vezes com a Sua soberania e também  fazendo com que  homens e mulheres de boa vontade que se deixaram usar por Ele -que ama a verdade, a justiça, a paz  e a união- se tornassem parte da minha agenda de familiares, amigos e alguns desconhecidos que em alguns capítulos da minha vida foram nobres e gentis, por isto se tornaram inesquecíveis. A estes eu  desejo que recebam as bênçãos de Deus. Aos que julgam o meu viver de maneira malvada e com planos diabólicos deixo a vingança por conta do Altissímo que me protege. Vamos ver quem é maior, porque  cada faraó que vai e cada faraó que vem só tem, desde o princípio do verbo, um destino: perder pra  Deus!  


Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.