VEREADOR DÉ DO PT EXPLICA DESENTENDIMENTO ENTRE SERVIDOR E PREFEITO

Bom Dia, Amores e Amoras do meu pomar!

 Ontem eu postei uns versinhos sobre o contratempo que ocorreu, na última quinta-feira,  entre um servidor e o atual  prefeito de Belém. Palco do acontecimento:  festa de Santo Antônio, realizada na Rua do Cancão.
Segundo a informação que recebi, o vereador Dé do PT havia ido buscar Nena de Valdemar na mesa do ex-prefeito Roberto Flávio. E, se não me falhe a memória, o próprio Dr. Roberto foi quem me contou sobre o episódio.
 Quero deixar aqui a certeza de que respeito as palavras de qualquer pessoa que queira se justificar. Assim sendo, eis-me aqui postando a justificativa do vereador Dé do PT que, na manhã de hoje, depois de saber sobre a minha postagem fez uso da sua versão sobre o fato, o que de imediato, por responsabilidade que tenho tanto para com os meus leitores quanto para com o nome de qualquer pessoa citada neste blog, tanto  abri espaço para que ele falasse a sua versão quanto dei ouvido de mercador para a "frustração".
Frustrações nunca geridas, sentidas, tidas ou mantidas,porque não tenho motivos para estas, vamos ao que  o vereador Dé relatou:
 "O que aconteceu foi que o popular Nena de Valdemar estava na mesa de Roberto Flávio e depois aproximou-se da mesa do atual prefeito. Depois das boas vindas, o mesmo relatou que iria fazer um trabalho para Doutora Renata, ex-primeira dama de Belém-PB. Ao falar isto para Edgard Gama, o próprio Nena perguntou se o prefeito iria ficar chateado. Antes que o prefeito desse a resposta, Nena disse que se o prefeito  gostasse ou não, ele ( Nena) faria o trabalho para Doutora Renata. Vendo o clima equivocado, por se tratar de um acontecimento em uma festa, a atual primeira dama, Renata Gama,  se dirigiu ao servidor e pediu para que o mesmo mudasse de assunto, para que todos da mesa curtissem a festa em paz, sem assunto que relatasse o nome de ninguém , muito menos qualquer adversidade. E foi aí que o caldo engrossou. Nena, levado por seu próprio temperamento que estava um pouquinho temperado pela bebida que usou, possivelmente comemorando a vitória da Seleção Brasileira, achou de falar deselegantemente com a primeira dama, dizendo que não estava falando com ela e que para ele tanto a primeira dama quanto o prefeito não valiam nada. O Sangue de Edgard reagiu, e o prefeito saiu  em defesa da esposa, pedindo para que  Nena a respeitasse e que se retirasse da mesa."
As palavras escritas em  vermelho  são do vereador Dé do PT.

Para quem não percebeu ainda, minhas postagens têm um fundo melodioso, ou seja, ainda que eu poste algo sem o uso das rimas, certamente não serão letras direcionadas às críticas nuas e cruas, mas mescladas com conhecimentos que favorecem ao meu leitor e à minha leitora. A exemplo, posso citar que na penúltima postagem, sobre os três mosqueteiros do prefeito Edgard Gama, deixei como legado do Blog Olho de Mulher três informações gostosinhas que  poderão fazer bens imensuráveis aos meus amados e amadas. A primeira  foi que D'Artagnan existiu como militar francês, depois passou a ser uma personagem de Alexandre Dumas, na obra Os Três Mosqueteiros. Ensinei também a pronúncia DARTANHAN...Ensinei sobre o significado da expressão divina bichinho de Jacó. Por que faço isto? Porque eu preparo opiniões, e se preparo estas, faço o possível para que estejam saindo de pessoas que cada vez mais se preparam. É importante que o cidadão se prepare  sempre e muito...Só assim os políticos farão a mesma coisa. É preciso banirmos a nossa imagem de povo babaca, de povo burro, de povo sem noção, de povo que engole corda, de povo que não entende o que lê, de povo que não entende o que ouve. De povo que não tem argumentos, de povo que não sabe se defender. Estou doando, às custas do que aprendi gratuitamente ou através dos olhares da minha curiosidade, conhecimentos que favorecerão não só ao povo de Belém, mas a qualquer leitor que acessa o Blog Olho de Mulher. 
Além disso, quero deixar bem claro que Edgard Gama tem suas falhas como gestor, tem levado umas lapadas seguras neste blog, continuará levando cada vez que fizer bobagem,  mas é um ser passível de reações, e desta feita, por defender a sua esposa, eu quero elogiar ao prefeito...Qual homem gostaria de ouvir outro destratando a sua esposa? A primeira dama não entrou de gaiata no navio. Não vem ao caso interpretarmos que ela tenha sido mal educada como quem entra no assunto e vai cortando "assunto de homens".Creio que por ser mulher, temendo confusão, tentou acalmar os ânimos... Deu no que não deveria ter dado: MERDA!
Mas e a situação de Nena? Continua como servidor contratado pela prefeitura ou não? Foi o que perguntei ao vereador. Ele disse não saber. Disse que não teve mais contato com o prefeito, e disse que não vai intervir neste assunto. Acredita que o servidor e o prefeito devem chegar a alguma decisão juntos ou, se o executivo agir com exoneração, esta ação não terá sofrido opinião do vereador que disse não estar chateado com Nena, pois este em nada lhe desrespeitou, no entanto, afirmou que se o servidor quiser  pedir desculpas a alguém, que peça ao prefeito.
Bem, o assunto sobre este aborrecimento está rolando e gerando várias opiniões populares. Da minha parte, emito a minha: Edgard não pecou por defender a imagem da sua esposa. Se não defendesse seria um molenga, e eu desceria o aço nele.  Nena é livre para trabalhar para quem quiser, no entanto, deve ser educado com qualquer pessoa. Não falo isto pelo fato de ter se exaltado com o prefeito e a primeira dama. Se ele acha que o cara não vale nada, então não vá perto do cara...Se ele acha que a mulher do cara não vale nada...Então não vá perto dela. Quanto ao emprego dele todo mundo sabe que é uma vaga conquistada pelo vereador Dé do PT...Se o emprego for embora, de fome Nena não morre, não deixa de ser trabalhador . Se ele se arrepender, creio que será por ter falado exaltado, mas...Segundo a Bíblia, a boca fala sobre o que o coração está cheio ( Mateus 12:34)...A bebida só ajuda a coisa a sair mais rapidinho. 
Minha frustração mesmo é que esta guerra nada fria se estenda em vários episódios, ataque a vida de muitas pessoas. Quanto mais livre  o povo se sentir, mais fácil será para o povo decidir o que quer...Na pressão é que não dá pra haver bons resultados.
Boa Festa para todos. Bom Duquinha  para todos. A gente se vê mais tarde no Cancão...Hoje com certeza a galera de Sertãozinho vem curtir em Belém.

Postar no Google Plus

About Edilene Amaral

Edilene Ziza do Amaral,carioca doada para o estado da paraíba,filha de Dona Maria Ziza e Sr. José Amaral, mãe dos príncipes Sergio e Levi.Servidora pública do municipio de Sertãozinho-PB,Técnica de Enfermagem da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, leitora sempre curiosa, automaticamente uma escritora viciada.Sindicalista, filiada ao PMDB, eleitora enjoada e exigente, sem preferência e sem doença por candidatos malas. Não comprada por corruptos Quando escrevo poesias costumo assinar como como Domitila Belém.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.